Oscar

Academia considera mudanças no Oscar

Com muitos lançamentos sendo feitos diretamente no formato digital e um prejuízo previsto de mais de US$ 20 bilhões.

A Academia  de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA já está considerando implementar mudanças nas regras do Oscar, já que estamos passando por um momento muito grave e isso requer medidas drásticas e muitos filmes vêm sendo adiado ou até lançado em formato digital, segundo THR, a organização deu uma declaração antecipando as prováveis novas regras:

“A Academia está focada em auxiliar nossa equipe, nossos membros e a indústria a navegar de forma segura estes tempos de crises globais na saúde e economia. Estamos no processo de reavaliar todos os aspectos desse contexto de incerteza e quais mudanças possam vir a ser necessárias. Estamos comprometidos com a agilidade e precaução enquanto debatemos o que é melhor para o futuro da indústria e faremos novos anúncios nos próximos dias.”

As novas medidas devem contemplar, a tendência adotada pela indústria de disponibilizar e antecipar lançamentos no formato VOD (vídeo sob demanda) como alternativa para ser igual tradicional lançamento nas salas de cinemas.

De forma para superar as medidas que vêm sendo tomadas pelos EUA e pelo Brasil que é o fechamento das salas de cinemas, para evitar aglomeração, já que a medida de isolamento social está sendo usado aqui no Brasil.

Os estúdios como UniversalParamount e Disney vêm optando pelo streaming e pelo VOD como forma de não perder público para suas produções.

Portanto nem todos os filmes estão usando essa forma, alguns filmes de grandes bilheterias neste primeiro momento decidiram adiar a data dos lançamentos dos filmes, como “Viúva Negra” e “Velozes e Furiosos 9“ e o filme “Trolls 2“, por sua vez, adotou uma estratégia específica, prevendo lançamento simultâneo nos cinemas e em VOD no dia 8 de outubro.

Afinal o adiamento das datas de lançamento configuram um dilema para a Academia, que tinha como um dos requisitos que exigia um número mínimo de salas de cinema exibindo os filmes que se propõem a concorrer ao Oscar.

Entretanto o longa “The Lovebirds“, nova comédia romântica protagonizada por Kumail Nanjiani e Issa Rae, foi adquirido pela Netflix e terá seu lançamento feito exclusivamente via streaming.

Sobretudo as plataformas de streaming podem vir a configurar uma alternativa muito grande para os filmes e como a disney já tem seu serviço disponível seja uma grande concorrente com a Netflix e isso também faça com que os filmes não percam as suas datas para concorrer ao Oscar!

Além disso se espera que a industria tem um prejuízo de mais de US$ 20 bilhões com a crise do coronavírus. A Academia é uma das principais lideranças da indústria do cinema, e seu posicionamento deve indicar uma tendência a ser adotada pelas demais entidades

 

Confira mais novidades em nosso site:

LA CASA DE PAPEL – PARTE 4 TEM DATA DE ESTRÉIA

BLEACH GANHARÁ NOVO ANIME

Leia Mais
Pra quem curte um terrorzinho com rock n’ roll
%d blogueiros gostam disto: