Pro-player banido

Blizzard fala pela primeira vez sobre Banimento de Pro-Player

Blizzard fala pela primeira vez sobre banimento do pro-player Blitzchung, jogador profissional de Hearthstone. A empresa já havia dito que o banimento seria devido aos seus comentários em um entrevista no torneiro oficial do game. Contudo a empresa só quebrou realmente o silêncio hoje, principalmente devido o alto hate que a Blizzard vem sofrendo nas redes sociais.

O banimento do jogador profissional ocorreu de forma oficial nessa terça-feira (08), embora o público tenha começado o boicote da empresa apenas na quinta-feira (10). De acordo os usuários que publicavam hashtag #boycottblizzard , a empresa infligindo os direitos humanos do jogador, fazendo com que os usuários começassem a excluir suas contas, impactando o número de jogadores da empresa.

Nota Oficial da Blizzard

Quebrando o silencio, a Blizzard afirma que o banimento não tinha ligação com seu relacionamento com a China, algo bastante especulado nas redes sociais.

Em nota, J. Allen Brack, presidente da Blizzard Entertainment diz: “Temos essas regras para manter o foco no jogo e no torneio em benefício de uma audiência global, e essa foi a única consideração nas ações que tomamos. Se esse fosse de um outro ponto de vista, da mesma forma divisiva e deliberada, teríamos sentido e agido da mesma forma”

Assim confirmando e mantendo a posição da empresa sobre o banimento, embora o CEO tenha afirmado que 6 meses será mais adequado para o jogador. Até o momento Blitzchung não se pronunciou sobre a redução do seu tempo de banimento, mas imaginamos que o pro-player não queira voltar tão cedo para o cenário competitivo.

A Blizzard pelo visto sentiu-se impactada pelo seu público, justificando a redução do tempo de banimento do pro-player. Mesmo assim, o seu público provavelmente não responderá tão bem, principalmente depois da Epic games afirmar que não banirá seus player por comentários políticos.

Riot Games reage ao banimento da Blizzard

Ao que tudo indica, não foi só a Blizzard que começou a repensar seu posicionamento com a sociedade. Em nota, Riot Games aplicou uma regra que proíbe jogadores profissionais expressarem suas opiniões sobre temas sensíveis.

Vale lembrar que Riot Games está realizando o evento mundial de League of Legends, seu principal jogo, justificando a implementação da nova regra embora nada relacionado tenha acontecido até o momento em seu campeonato.

É importante resaltar que League of Legends é um jogo extremamente conhecido em locais como Hong Kong e China. Portanto, deixando a empresa em situação de receio ao fazer qualquer decisão acerca do assunto, principalmente devido o compeonato ter representantes das regiões.

Ainda não sabemos como o público da Blizzard irá reagir a declaração da empresa, embora os números de contas excluídas devam diminuir consideravelmente em sua plataforma. Até o momento o jogador Blitzchung não pronunciou-se sobre os casos, mas imaginamos que o player deva estar bem focado em representar ao máximo o movimento pro-Hong Kong, dificilmente aceitando a implementação das regras futuras dos campeonatos da empresa.

Veja mais: 
Blizzard sofre boicote após banimento de pro-player 
Epic Games manda resposta a Blizzard 

Fonte: The Verge

Leia Mais
John Cena negocia para interpretar Duke Nukem nos cinemas
%d blogueiros gostam disto: