Blizzard sofre boicote após banimento de pro-player

Jogo Hearthstone do Pro-player

Blizzard sofre boicote após o banimento do pro-player Blitzchung que expressou sua opinião política em um evento oficial de Hearthstone, jogo de propriedade da empresa. Contudo nas ultimas semanas diversos usuários se sentiram ofendidos com o ban aplicado ao jogador. Vale lembrar que o pro-player também não recebeu o pagamento do prêmio do campeonato, estimulando ainda mais a solidariedade a Blitzchung nas redes sociais.

O nome Blizzard por muito tempo foi sinônimo de extrema qualidade. Contudo, desde que a Activision assumiu o controle da companhia os jogadores ficaram bem incertos sobre o futuro nos games. Entretanto, diversos usuários viram-se surpresos com a questão social da empresa que nos últimos dias está sendo bastante questionada.

Boicote

Mercy Blizzard
Veja mais: Blizzard | Player profissional é banido após dizer ser Pro-Hong Kong 

Conforme esperado, os fans da Blizzard acabaram organizando um boicote a empresa. De acordo com alguns usuários, a situação infringe os diretos humanos do jogador, fato que de certa forma não deixa de ser verdade.

A distribuidora até o momento não se pronunciou sobre nenhum dos casos, mas, ao que tudo indica, a empresa estaria pensando cuidadosamente sobre seu posicionamento futuro. No entanto, a Blizzard não tem o costume de voltar em suas decisões.

Vale lembrar que o banimento de Blitzchung ocorreu devido o jogador mostrar ser um ativista pro-Hong Kong, ato que foi comentado pelo profissional em stream após o anuncio do ban. Na live Blitz afirma que perdeu apenas alguns anos de sua vida, dando a entender que teria valido a pena o seu afastamento.

O boicote está tomando cada vez mais força com a hashtag #boycottblizzard , fazendo com que diversos usuários estejam excluindo suas contas de forma permanente. Mesmo assim, alguns boatos dizem que a empresa estaria impedindo que os usuários deixassem a plataforma.

Embora esse o rumor tenha tomado bastante força nas redes sociais, nesta quinta-feira (10) o jornal digital Polygon relatou que está conseguindo deletar suas contas normalmente. Portando, os participantes do movimento podem continuar o ato sem nenhum problema, mas podendo demorar algumas horas devido o alto número de exclusões nos servidores.

Fonte: Polygon

Leia Mais
Rede social para amantes estreia no Brasil
%d blogueiros gostam disto: