Atenção, Spoilers a seguir!

Quando a adaptação do anime que atingiu sucesso global foi anunciada pela Netflix, as atenções foram voltadas para essa produção, mas claro, com todo o receio. As adaptações de animes geram sempre uma divisão de crítica, dos fãs, e daqueles que terão o primeiro contato com a história através da adaptação. E para piorar, na grande maioria das vezes, temos decepções enormes. A adaptação de Dragon Ball nos deixou com um trauma terrível, mas felizmente o que a Netflix apresentou para Death Note foi realmente uma adaptação, que – como sabemos – trouxe algumas modificações na história. Vamos discutir o todo para chegarmos à nossa conclusão.

O anime em que a história se baseia tem 37 episódios, imagine adaptar tudo isso em apenas um filme. Acreditamos que essa foi a maior falha da adaptação, uma série seria ideal para poder explorar todos os personagens como se deve, apresentando todos os conflitos que os personagens atravessam e que o filme falhou em não demonstrar com a importância que eles merecem. Por conta da falta de imersão Light e L não mostram o potencial que tem no anime, O primeiro nos parece muito mimado e sua inteligência só aparece quando convêm a trama. Já L parece trazer as manias e comportamentos do anime com maestria, mas pelo tempo acelerado do filme, não conseguimos conhecer o personagem. Ryuk tem um visual perfeito, mas também acaba sendo pouco aproveitado.

A adaptação resolveu focar no romance de Light e Mia, o que acabou deixando de lado todo o dilema que o anime trás, sobre livre arbítrio, justiça e liberdade. Tudo bem que esses temas são abordados, mas não como foco principal. Apesar de todos os problemas e considerando a dificuldade de adaptar um anime desse nível, a Netflix conseguiu nos entregar um bom filme. As adaptações no roteiro acabam se encaixando no objetivo final do filme e temos uma visão maior da inteligência de Light na cena da roda gigante. O filme deixou espaços para continuações, mas a Netflix ainda não confirmou sequência, esperamos que na pior das hipóteses possamos ver uma história mais profunda de Light e L; e na melhor delas que tenhamos uma série.

Death Note – Nota: 5.0

Duração: 1h 40min
Direção: Adam Wingard
Elenco: Willem Dafoe, Natt Wolff, Shea Whighan, Keith Stanfield

Confira o trailer do filme: