Antes de existirem as redes sociais dominantes de hoje, como o Facebook e Twitter, havia um portal chamado Geocities. Muito popular na década de 1990, o site que era do grupo Starmedia tinha uma ideia de agrupar “cidades virtuais”, permitindo que o usuário criasse sites via arquivos FTP ou editores de páginas online.

Um dos sites criados na 'época de ouro' do Geocities. (Foto: Mashable)Site criado no Geocities. (Foto: Mashable)

O site ficou tão famoso que foi comprado por 3,5 bilhões de dólares em 1999 pelo Yahoo!. No entanto, o tempo passou. Aos poucos, novos serviços de hospedagem foram aparecendo e o Geocities se tornou ultrapassado, até ver o seu final em abril de 2009, quando o Yahoo! descontinuou o serviço.
Mas nem tudo foi perdido. O pessoal do Archive Team criou um backup do Geocities pouco antes dele ser fechado. E agora, um “artista” da informação, Richard Vijgen, transformou este arquivo de 650 GB que era o serviço de hospedagem, em um projeto visual chamado de “The Deleted City” (A Cidade Apagada).

Está tudo lá. A parte ruim é que infelizmente não dá para interagir com o conteúdo e visitar os antigos e muitas vezes divertidos sites que havia no Geocities. No entanto, um vídeo feito por Richard Vijgen demonstra este novo projeto de forma interativa – que é classificado como uma “Arqueologia Digital”.
Ao menos, o trabalho colaborativo de cerca de 35 milhões de pessoas não foi perdido. Mas sim, transformado em uma espécie de arte.

The Deleted City from deletedcity on Vimeo.

Via Mashable

COMPARTILHAR
Posts anteriorFanatec começa a vender volantes para o Forza 4
Próximo PostGaroto 7 anos pode ser o investidor mais jovem do mundo
Faustino Neto- O Nerd Tatuado Editor geral, editor de vídeo, fundadorOcupação: Empresário, blogueiro , youtuber, social mídia, fotógrafo, colecionador. Base de operações: Arapiraca/Alagoas Ações Nerd: Livros, Games, RPG, HQ, cinema, STAR WARS, colecionáveis, fotos , tatuagem, Simpsons, breanking bad, Game of thrones e outras series Poderes mutantes: Ter lag quando estou conversando Viaja sem sair do lugar