O escritor das maiores obras literárias de todos os tempos – “O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis” – terá mais uma de suas histórias publicada em 2017. Christopher Reuel Tolkien é terceiro filho de J.R.R. Tolkien, e é responsável pelo mapa de “O Senhor dos Anéis” desenhando-o ainda jovem, quando o livro estava sendo escrito. Conhecido por ter editado várias obras de seu pai para que fossem publicadas postumamente, como “O Silmarillion” e o projeto “The Children of Húrin” – baseado em um compilado de notas manuscritas deixadas por Tolkien que demorou 30 anos para ser finalizado, a próxima obra a ser editada por ele é “Beren e Lúthien”.

alan-lee-the-hobbit-24-the-troll-stash
Ilustração de Alan Lee para o livro “O Hobbit”

Escrito em 1917 depois da Batalha de Somme, da qual Tolkien participou, o livro conta a história de Lúthien, uma élfa imortal que se apaixona pelo humano e mortal Beren. Contrário à união dos dois, o pai de Lúthien decide atribuir uma tarefa impossível a Beren para que este possa casar com a sua amada: roubar o sinistro inimigo do mundo Morgoth. Os personagens têm grande significado pessoal para o autor, uma vez que a bela elfa Lúthien foi inspirada em sua esposa Edith, e no epitáfio compartilhado por eles há também os nomes dos personagens.

“É breve e simples [o epitáfio], a não ser por Lúthien, que tem para mim mais significado do que uma imensidão de palavras, pois ela era (e sabia que era) a minha Lúthien. Nunca chamei Edith de Lúthien, mas foi ela a fonte da história” – Trecho de uma carta de Tolkien para seu filho Christopher.

Epitáfio de Tolkien e sua esposa Edith com os nomes “Luthien” e “Beren”

O livro será lançado 100 anos após ter sido escrito, pela editora Harper Collins em maio 2017, ilustrada por Alan Lee, que também ilustrou “O Senhor dos Anéis” e “O Hobbit”.