Imperials eSports, Team Reapers e Uppercut, são os novos times anunciados para a CBCS

A CBCS (Campeonato Brasileiro de Counter Strike) anunciou as três equipes restantes que irão disputar o campeonato, que tem premiação superior a R$ 800 mil por ano. As organizações Imperials eSportsTeam Reapers eUppercut eSports farão parte do CBCS juntamente das equipes Black Dragons, EvidenceINTZRedemption e Skullz Gaming (ex-Progaming). As oito equipes farão parte da primeira temporada do CBCS que terá início na próxima quinta-feira, dia 25 de julho, na GameXP no Rio de Janeiro.

A Imperials eSports, formada por veteranos do cenário, iniciou sua jornada em 2015 e ao longo dos anos, a equipe foi engajando em diversas modalidades, principalmente nas modalidades FPS, seguindo os passos de um dos seus fundadores Felipe “Felipe1” Martins. Já a Team Reapers, fundada em 2018, segue forte neste ano com a grande contratação de João “horvy” Horvath e Lucas “Lucaozy” Neves na equipe. Garantindo bons resultados em campeonatos nacionais de CS:GO, o time promete ser um grande desafio na CBCS.

Com sua primeira empreitada no Counter-Strike, a Uppercut eSports foi fundada em 2016 e é gerenciada por membros do grupo Ilha da Macacada. Iniciando sua operação no League of Legends e disputando o CBLoL, a equipe está pronta para disputar o CBCS e levar grandes confrontos.

O CBCS foi criado nos moldes de franquia, inspirada em referências internacionais dentro e fora do cenário de esports como NBA, MLS, Overwatch League e as ligas LCS (League of Legends Championship Series) e LEC (League of Legends European Championship). Ao todo, oito equipes farão parte da CBCS e serão sócias do campeonato.

Em 2019, serão duas temporadas com a premiação e o bônus de participação somados chegam a R$ 420 mil, uma vez que o campeonato terá início no segundo semestre do ano e o time campeão da Liga receberá também uma vaga no StarSeries i-League Season 8, um dos principais torneios do mundo, organizado pela StarLadder que tem premiação total de US$ 500 mil. Em 2020, com todas as temporadas da CBCS, o valor chega a R$ 800 mil, além de vagas internacionais.

A participação dos clubes

Para debater os assuntos envolvendo a competição e representar os interesses dos clubes, também foi criada a ABCS – Aliança Brasileira de Counter-Strike -, entidade formada pelos clubes que fazem parte do CBCS e que permite a eles uma auto-regulação dos campeonatos e eventos que fazem parte do calendário.

Com o CBCS, entretenimento e competição andam juntos, colaborando para a criação de um campeonato competitivo, justo e divertido tanto para os jogadores quanto para a comunidade.