A DC acertou dessa vez! Se você estava no time que não alimentou muitas expectativas estou aqui para te dizer que Shazam! surpreende!
Banner de divulgação de Shazam!

Com um roteiro simples contudo, não tão leve, Shazam! entrega um clichê que funciona muito bem nos filmes de super heróis e é de encher os olhos. Literalmente, tá?

No primeiro ato somos inseridos na dramatização principal. Que traz a tona as dificuldades de uma criança órfã em lidar com a ausência dos pais. E, além disso, nos atenta de maneira implícita para os danos que a ausência afetiva podem causar `nas crianças, quando essas possuem pais, mas não possuem o carinho e a atenção fraterna tão essenciais no desenvolvimento de uma criança. Sim, apesar de muitas cenas de comédia e do tom infantil, o filme é cheio de reflexões envolvendo a família.

A imersão total acontece quando, finalmente, Zachary Levi entra em cena como Shazam!. O ator vive muito bem o menino Billy Batson no corpo de um adulto super poderoso que está descobrindo super poderes e os usando de maneiras super inadequadas e irresponsáveis como qualquer criança de 14 anos faria. Preparem-se para crianças enlouquecidas gritando SHAZAM! em toda parte HAHAHA.

 

Freddy e Shazam testando os novos poderes

Shazam! é o típico filme para reunir a família e dar boas risadas. Se você faz o tipo de pessoa chorona como eu, vai chorar em algumas cenas que são lindas e convincentes, ainda no tema família.

Para a gurizada, Shazam! traz referências a outros super heróis, uma sensação nostálgica de filme clássico, videogames e o tão famoso YouTube. Brincando com essa fase tecnológica em que vivemos. Ao mesmo tempo explorando um ambiente “século 20” de uma maneira inovadora e atemporal.

Não tenho muito a falar do elenco, que é evidentemente competente e muito lindo. Mas gostaria de destacar que o menino Jack Dylan Grazer rouba a cena. Que, com uma atuação S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L, dá vida a personagem Freddy Freeman que, para mim é o melhor do filme. Um garoto deficiente que é a personificação perfeita de nós, nerds, no filme. É ele quem guia Billy como herói, já que sabe tudo sobre heróis e é super fã de super heróis, em especial o Superman hehehe. Guardem esse nome pessoal, esse garoto é uma revelação e tanto para o cinema!

Shazam e sua família

No geral, Shazam! é aquele portal que te leva de volta aos 10 anos de idade, nas férias de verão largado no sofá com um baldinho de pipoca vendo a Sessão da Tarde, no aconchego do seu lar com seus irmãos, primos ou coleguinhas da escola. No melhor estilo exageradão cafona que funciona mil vezes bem! Amei demais e só tenho a dizer que o filme compensa cada segundinho, então corre pra assistir e leve todo mundo pra dar risada com você!

Já assistiu? Conta pra gente o que achou nos comentários ou pelas nossas redes sociais xD

Siga nossas redes sociais instagram|facebook|youtube|twitter

REVER GERAL
Nota
COMPARTILHAR
Posts anteriorCrítica | Boneca Russa da Netflix
Próximo PostCRÍTICA – THE OA PARTE 2
Brasiliense RPGista e cosplayer que ama literatura fantástica e romances policiais, troca fácil qualquer festinha por uma maratona de filmes da Disney, em especial os musicais, e nunca recusa um milk-shake de cappuccino. Viciada em tintas e pinceis está sempre pintando a vida no papel e no coração. Shippa Batman e Poison Ivy porque sim :3