A produção italiana sobre a origem de Lord Voldemort estreou hoje no Youtube e já tem mais de 140 mil views enquanto você lê essa crítica!

Eis aqui uma coisa que não se vê todo dia: um filme produzido de fãs para fãs! Após a concessão de direitos pela Warner, a produção que contou com fundos coletivos para ser realizada nasceu pelas mãos da italiana Tryangle.

Mas, vamos ao que interessa! O filme é baseado nos acontecimentos de Harry Potter e o Enigma do Príncipe, contando com detalhes a origem de Tom Riddle. A história mostra o grupo composto pelos herdeiros das quatro casas que fundaram Hogwarts, unidos com o propósito de erradicar a maldade do mundo. Porém, logo fica perceptível a todos que Tom tem uma sede de poder infindável…

Os herdeiros das quatro casas

O média metragem tem um tom predominantemente sombrio e, apesar de ter uma duração menor que a usual, o tempo de filme serve bem ao propósito de contar a história. Começa de uma forma meio confusa, com uma bruxa invadindo um prédio notavelmente seguro. Naturalmente, ela é capturada e aí sim começamos a entender o que de fato está se passando.

Análise técnica:

O filme é fracionado em duas ambientações: no presente, em um prédio do Ministério da Magia Russa e outras locações externas (belíssimas, a propósito); e no passado, em Hogwarts. As referências visuais à franquia cânone são inquestionáveis, com direito a porta-retratos e jornais com imagens que se movem.

Matéria sobre o assassinato da herdeira de Lufa-Lufa, Hepzibah Smith: morta pela elfa doméstica? Acho que não…

Com direito a plot twist no final, você se pega com vergonha de si mesmo quando percebe que está sorrindo e batendo palmas em frente ao computador! Os atores são excelentes, muito convincentes. Os arcos são bem marcados, não há do que reclamar, a não ser… Sim, os duelos.

Essa parte deixa um pouco a desejar, não só em termos de efeitos, mas também em relação a ação das cenas em si, principalmente da parte dos coadjuvantes, mas não vamos ser tão duros né?! Vale muito a pena assistir e a sensação de nostalgia é muito boa.

Arrisco dizer que em muitas cenas Voldemort: Origins of the Heir é bem mais sombrio que a adaptação cinematográfica oficial da obra de J. K. Rowling (congratulações ao cast!).
Stefano Rossi como Tom Marvolo Riddle

Não deixe de ver Voldemort: Origins of the Heir! Disponível gratuitamente no Youtube a partir de 13 de janeiro de 2018, legendado em português. Assista acessando esse link se ainda não viu –

Loading Facebook Comments ...