“Três segredos. Duas mulheres. Um Graal”. É assim que Kate Mosse apresenta o seu terceiro romance, um best-seller peculiar e viciante, você não vai querer parar de ler!
Kate Mosse, escritora inglesa

Labirinto é uma obra literária de 2005, da escritora inglesa Kate Mosse. Esse livro tem uma narrativa muito interessante, pois a autora usa um artifício que, apesar de ser comum hoje em dia, não é qualquer escritor que sabe usar com maestria: ela entrelaça as histórias das duas personagens principais, Alice e Alaïs.

Deixando propositalmente uma ponta solta ao final de cada capítulo e mudando o foco no capítulo seguinte para uma outra época, a sede de leitura é insaciável devido à esse artifício. Mosse conta uma história que começou em 1209, teve um desfecho brutalmente interrompido e o destino se encarrega de juntar todas as peças novamente em 2005, para resolver o que ficou pendente.

O fascínio desse livro é que ele não apenas entrelaça duas tramas que, a priori não deveriam ter nenhuma relação, isso é feito de forma atemporal. Ou seja, as histórias que se ligam aqui, apesar de se passarem em um mesmo lugar, não acontecem simultaneamente! Com delicada sugestão de reencarnação ou suposta ligação de descendência, ela entrega uma trama de um ritmo frenético e conteúdo rico.

Pas a pas, se va luènh – Passo a passo, fazemos o nosso caminho

Além do romance, o plot principal sobre a lenda do Graal se encaixa perfeitamente no contexto histórico-religioso da França medieval: as Cruzadas e a Inquisição estão muito bem retratadas e encaixadas. Além disso, Kate teve outro grande cuidado ao escrever esse livro, que enche os olhos e o coração do leitor: ela usa frases e palavras em francês no texto. E mais cuidadosamente ainda, na narrativa medieval, Mosse usa termos em occitano, dialeto francês derivado da langue d’Oc, linguagem utilizada na região durante o período medieval.

Destaque para a riqueza de detalhes para os cenários, tanto atuais, quanto antigos, que fazem você viajar no tempo e no espaço. Literalmente, ao fechar os olhos, você pode ver cada lugar em que a história se passa, graças ao trabalho de pesquisa detalhado da autora. Vale salientar que a mesma tem uma residência em Carcassonne, passar uns tempos lá deve ter ajudado bastante, né?!

Sinopse

 

Uma história de coragem, destino e traição na França contemporânea e na medieval

Julho de 1209: na cidade francesa de Carcassonne, uma moça de 17 anos recebe do pai um misterioso livro, que ele diz conter o segredo do verdadeiro Graal. Embora Alaïs não consiga entender as estranhas palavras e símbolos escondidos naquelas páginas, sabe que seu destino é proteger o livro. Serão necessários enormes sacrifícios e uma fé inabalável para preservar o segredo do labirinto – um segredo que remonta a milhares de anos e aos desertos do antigo Egito.

Julho de 2005: durante uma escavação arqueológica nas montanhas ao redor de Carcassonne, Alice Tanner descobre dois esqueletos. Dentro da tumba na qual repousavam os antigos ossos, experimenta uma sensação de malignidade impressionante e percebe que, por mais impossível que pareça, de alguma forma, ela é capaz de entender as misteriosas palavras ancestrais gravadas nas pedras. Porém, é tarde demais – Alice acaba de desencadear uma aterrorizante sequência de acontecimentos incontroláveis, e agora seu destino está irremediavelmente ligado à sorte dos cátaros, oitocentos anos atrás.

Meu lindo bebê, tá surradinho do tempo: Labirinto – Kate Mosse
Espero que vocês tenham ficado extremamente curiosos para conhecer esse livro, que particularmente, é um dos que eu mais repeti leitura na vida, e que sua experiência com ele seja tão boa ou melhor que a minha!
Ah! E não esquece de contar pra gente o que achou do livro depois que ler!