Recentemente a rede britânica de televisão ITV cometeu uma enorme gafe ao produzir um documentário sobre o apoio dado pelo coronel Muammar Gaddafi ao IRA, organização paramilitar que por décadas tentou separar a Irlanda do Norte do Reino Unido.

ArmA 2 (Foto: Divulgação)ArmA 2 (Foto: Divulgação)

Em determinado momento da produção é exibido um suposto vídeo amador com um dramático trecho onde um helicóptero é derrubado por um pesado armamento que teria sido fornecido pelo ditador, porém, logo foi descoberto que o vídeo nada mais é do que uma captura do ArmA 2, jogo de tiro em primeira pessoa voltado para a simulação.

O produtores nem mesmo poderão dizer que usaram o game para ilustrar o documentário, já que é possível ver uma legenda que diz que se trata de um filme gravado pelo IRA em 1988 e de acordo com Marek Spanel, CEO da Bohemia Interactive, eles não foram contatados pela ITV para que o jogo fosse utilizado.
“Estamos tentando obter alguma explicação da ITV sobre como isso pode ter acontecido,” declarou o executivo, que continuou: “Algumas vezes a criatividade e o realismo nos nossos jogos levam a resultados malucos e este é um exemplo. Eu apenas assisti brevemente o documentário inteiro e ainda não acredito nisso. Estamos surpresos que os nossos jogos aparentemente podem parecer reais o suficiente para alguns usuários que são não conseguem dizer que não se trata de um vídeo real.”