Atriz de Smallville e a exploração sexual!

 

Entendendo o caso.

Olá Migs nerds e tatuados, um assunto delicado mas que deve ser exposto.

Conforme divulgado ao público no ano passado, a atriz Allison Mack, a Chloe Sullivan em Smallville, foi acusada de aliciar mulheres como “escravas sexuais”( nome dado as mulheres recrutadas). A denúncia só foi feita, até onde sabemos, devido à um antigo membro desse grupo que foi expulso. Que, além disso, também informou que Allison seria uma das “Líderes” da sociedade secreta chamada de DOS. Que ficava dentro de um grupo de “auto-ajuda” proposto pela  NXIVM organização fundada por Keith Raniere, “guia espiritual” que também está sendo acusado das denúncias.

Keith Raniere

De acordo com The New York Times, as mulheres eram recrutadas sob ameaça e chantagem de Allison, eram punidas fisicamente e, também, com ferro quente na pele (com as iniciais de Allison e Keith) caso não recrutassem outras mulheres para o grupo, como veio a confessar posteriormente.

Marcas a ferro.

Allison foi indiciada por tráfico sexual em Abril de 2018 que, aliás, está em prisão domiciliar após pagar fiança de 5 Milhões de dólares, se condenada pode pegar até 15 anos de prisão.

Porque estamos falando isso?

A HBO vai produzir um documentário sobre toda essa história, com a direção de Jehane Noujaim e Karim Amer. Jehane Noujaim se interessou sobre o assunto quando fez um workshop introdutório do NXIVM. Fornecendo assim, uma perspectiva esclarecedora em torno dessa comunidade polarizada ao enfrentar uma investigação federal.

Jehane Noujaim e Karim Amer.

Não há informações sobre produção ou lançamento. Abaixo o link dessa informação no site:  NXIVM documentary

Uma breve pesquisa

A exploração sexual de acordo com a ONU (Organização Nações Unidas) calcula que, o tráfico de seres humanos para exploração sexual movimenta mais de 9 bilhões no mundo.

Imagem do google.

Só perde para a indústria de armas e narcóticos. Dos 5.561 municípios brasileiros, em 937 ocorre exploração sexual de crianças e adolescentes. O número representa quase 17% dos municípios de todo país. Cruzam o país ao menos 110 rotas internas e 131 rotas internacionais relacionadas ao tráfico de mulheres e adolescentes com menos de 18 anos para fins de exploração sexual.

Vale lembrar que essa pesquisa é de 2015, agora as coisas estão ainda piores, se você ver ou souber de casos de exploração ou abuso sexual denuncie.

Já sabia do caso da Allison? Deixe ai seus comentários.

Xoxo!!

Siga nossas redes sociais instagram|facebook|youtube|twitter