Passei raiva, mas gostei MUITO!
No momento Dolmen está disponível somente para PC, porém, quando o jogo for lançado, sairá para PS4 e Xbox One.

Dolmen é um jogo de aventura desenvolvido pela Massive Work Studios. O game mescla elementos de RPG eletrônico e o estilo de “horror cósmico”, onde o suspense e a tensão invadem seu psicológico na medida em que o ambiente se torna cada vez mais hostil e solitário.

O jogo, brasileiro, tem um estilo bem coerente com o que parece retratar a história. As armas, armaduras, inimigos e ambientação te passam essa sensação de um planeta hostil em um universo futurístico. Além dos sons das criaturas serem convincentes e, por vezes, te deixarem extremamente desconfortável, o que é excelente em um jogo com elementos de horror.

Por vezes você caminha com a trilha sonora em um volume bem baixo e, do nada, você começa a ouvir passos indo em sua direção, e você, mesmo olhando para todos os lados, não vê inimigo nenhum, mas continua ouvindo grunhidos e passos… É como se tivessem inimigos em cima, embaixo, dos lados… Sinceramente, eu fiquei aflito em alguns momentos do jogo.

Dark Souls BR?

Dolmen de fato tem elementos inspirados na série da FromSoftware e isso deixa o jogo ainda mais emocionante! Dolmen se torna extremamente desafiador, e meus amigos, eu to falando desafiador de verdade! Eu, particularmente, quase soquei o monitor de tantas mortes que tive enquanto jogava a versão Beta! E provavelmente enquanto você está lendo esse post eu já devo ter morrido mais algumas VÁRIAS vezes de formas bem idiotas, como para um inimigo que tira metade da tua vida com um cuspe…

Essa proposta é um tanto arriscada, levando em conta que muitos jogadores casuais não lidam bem com o fracasso, ou seja, não costumam se familiarizar com jogos que sejam naturalmente difíceis, porém, existe um vasto público que ama a dificuldade nesse nível e se torna quase algo pessoal poder zerar um jogo como Dark Souls, ou, futuramente, Dolmen!

Uma coisa bem interessante e que torna as coisas ainda mais complicadas alô Massive Work Studios, vocês me conquistaram! é o fato de os inimigos só sofrerem um dano real com armas melee (de ataque corpo-a-corpo). Daí você pode fazer uso, pelo que vi até o momento, de machados e espadas. Além disso, você poderá fazer upgrades nas suas armas e, ainda, construir armas novas utilizando os itens que você coleta ao derrotar inimigos.

Cuidado ao escolher suas composições de combate. Uma espada longa pode até dar mais dano, porém consome muito mais estamina e a velocidade de ataque é muito MUITO lenta, Odin do céu, como é lento! Por outro lado, o machado dá um dano menor, porém é bem mais rápido, tu vai parecer um sapo dançando em brasa de tanto dodge (desviar dos golpes) que vai conseguir fazer.

Vê se não morre!

Economize seus consumíveis que recuperam vida e energia. Não são infinitos.

A regra aqui é a seguinte: “NÃO DEIXA NINGUÉM TE RELAR!”. Se te passarem a unha, cê já tá metade morto. E se morrer, vai ter que voltar desde o último Save Point, vai perder todo dinheiro farmado que não tenha sido gastado, todos os itens coletados que não usou e todos os monstros que tu já matou voltarão à vida…

…Respira fundo…

Equipe e Kickstarter

“Nossos profissionais estão espalhados pelo Brasil. Grande parte deles trabalha em regime de home office e outros em nossos espaços localizados em Campinas (SP) e Natal (RN)”, contou Henrique Heltai, gerente de projeto.

A equipe possui profissionais excelentes e extremamente focados em trazer um projeto final que agrade ao público e seja, de fato, grande. Dentre eles temos nomes que já trabalharam com Injustice 2, Second Life, World of Warcraft, e muito mais! E da parte sonora, meus amigos, podemos esperar trilhas INCRÍVEIS, pois temos nada mais, nada menos que um dos maiores compositores para games do Brasil, Antonio Teoli!

“Temos muito orgulho do que conseguimos fazer com recursos próprios até aqui, mas acreditamos que o Dolmen é um projeto muito grande e merece ainda mais” – Henrique Heltai.

Com isso eu convido a todos os interessados pelo jogo a darem uma passada na página de arrecadação do projeto no Kickstarter, não só para ajudar um jogo que tem muito potencial a se tornar um dos possíveis melhores jogos brasileiros 2018-2019, como também para ajudar o mercado de jogos brasileiros que, graças ao público, vem crescendo cada vez mais e a cada nova conquista, fica um passo mais perto de competir de frente com grandes nomes internacionais.

As recompensas para quem ajudar variam desde uma cópia digital do jogo, até estátuas colecionáveis e a possibilidade de criar armas, armaduras e itens para serem usados no jogo.

Para saber mais sobre a campanha de financiamento coletivo de Dolmen, clique aqui!

Para contribuir com o projeto, clique aqui!

Minhas considerações

Dolmen tem algo muito valioso para a narrativa de histórias: pressão! O ambiente cria uma pressão em cima do personagem tão forte que você começa a se sentir na pele daquele personagem isolado em algum lugar do espaço, cercado por alienígenas que querem esquartejar o coitado, e tudo que ele tem é uma arma, um machado e um sonho.

Essa pressão só se prova, pois começam a surgir obstáculos mais difíceis e você precisa ficar se provando melhor para conseguir superar esses desafios, e isso vai dando uma adrenalina tão grande que seu objetivo passa totalmente a ser “esse cara não pode morrer!”.

A ambientação do jogo é sensacional! É nítida a preocupação com a parte gráfica e, principalmente, com a mecânica de combate corpo-a-corpo. É impossível você jogar Dolmen e não reparar nos combates, na forma como eles conseguiram deixar a coisa fluída e intuitiva.

A cereja desse bolo, pra mim, é a trilha sonora. Aparentemente ainda não está totalmente concluída, porém, as músicas já disponíveis no Beta do jogo são SENSACIONAIS! A riqueza de detalhes e sensações auditivas que você tem no jogo são realmente gratificantes. Recomendo o uso de fones de ouvido ao jogar Dolmen.

Para saber mais sobre o jogo acesse o site oficial e os siga nas redes sociais!

REVER GERAL
Jogabilidade
8
Gráficos
8,5
Trilha Sonora
9
COMPARTILHAR
Posts anteriorCALENDÁRIO E-SPORT | Vem ver o que rola essa semana no cenário!!
Próximo PostTop 7 | Músicas mais macabras!
Werner é um gamer de 21 anos de idade. Sendo especialista em roteiro e criação, atua como desenvolvedor de jogos digitais. É escritor e um professor viciado em chocolate amargo, RPG e MOBA.Melhor amigo de um gato bipolar que passa a maior parte do tempo tentando dominar o mundo. Um bom psicólogo pros amigos e amante da literatura fantástica. “Get over here!”.