Muitas inovações tecnológicas nesta Era Digital parecem ser mais novas do que realmente são. É o caso do e-mail. Neste mês de outubro, o serviço de correio eletrônico completa exatos 40 anos de vida. É isso mesmo. Já faz quatro décadas que pessoas se comunicam em rede por computadores.

Ray Tomlinson (Foto: Reprodução/Jason Grow)Ray Tomlinson (Foto: Reprodução/Jason Grow)

Tudo começou na ARPANET, primeira forma de internet que era utilizada pelos militares dos Estados Unidos. Ray Tomlinson, formando do MIT, criou um sistema de envio de arquivos por meio de computadores no final dos anos 60, e obtendo sucesso em seu projeto, passou a tentar editar um programa chamado SNDMSG (Send Message, que significa “Enviar mensagem” em inglês).
A ideia do revolucionário era criar um aplicativo que pudesse mandar mensagens de texto de um computador para o outro. Ele demorou um pouco, mas descobriu como fazê-lo em outubro de 1971. Em entrevista ao The New York Times, em 2008, ele diz não se recordar de qual exatamente foi o primeiro e-mail enviado, mas lembra-se que foi apenas uma combinação de letras.
Vale lembrar que foi o próprio Tomlinson estabeleceu a convenção de se usar o símbolo “@” nos endereços de correio eletrônico. Nascia ali um serviço que hoje faz parte do dia a dia de milhões de pessoas em todo o mundo e que passou a se popularizar nos anos 90, com o surgimento da World Wide Web. Ao final daquela década, o e-mail já estava presente na vida de muita gente. Seja para diversão ou para trabalho.
Apesar de o e-mail ter se tornado também um grande alvo de vírus e spam nos últimos anos, a tecnologia segue sendo uma das principais a serem utilizadas para os mais diversos fins.
Um quarentão inteiro, mas sentindo a idade
Segundo informações da Escola de Informação e Gerenciamento de Sistemas da UC Berkley, em 2001, 31 bilhões de e-mails eram enviados diariamente. O número foi para 170 bilhões em 2008 e no ano passado, segundo o Pingdom, a estatística chegou a 294 bilhões.
A criação do Gmail, a popularização do Yahoo e do Hotmail, além da criação dos aplicativos destes serviços para celulares e smartphones fizeram com que o e-mail ficasse ainda mais acessível se tornasse cada vez mais um sucesso entre internautas. Porém, as novas tecnologias podem atrapalhar o e-mail.
Para os negócios, ainda não é possível pensar em uma solução melhor do que o correio eletrônico. No entanto, a comunicação interpessoal em tempo real com mensageiros instantâneos, além da SMS e das redes sociais, já faz com que o uso dos e-mails caia entre os jovens.
Em declínio ou não, o agora quarentão e-mail tem tudo para durar ainda muitos anos. Por isso, merece todos os fotos de feliz aniversário.
Via The Next Web