Diablo é um jogo de computador estilo Action RPG, passado em época medieval fictícia. Produzido pela Blizzard North e distribuído pela Blizzard Entertainment, foi lançado em 1996. O objetivo deste primeiro jogo da série é, basicamente, acabar com o mal que esta assolando a pequena cidade de Tristram, espalhado pelo Diablo, o Senhor do Terror. O personagem ganha pontos de experiência após matar inimigos, acrescendo seus níveis e aumentando suas magias e atributos (força, magia, destreza e vitalidade) a livre escolha.


Personagens 

O jogador pode construir três tipos de personagem: um Guerreiro, uma Arqueira ou um Feiticeiro. Os três são muito semelhantes, na medida em que não há quaisquer restrições a feitiços, armas ou equipamentos. As únicas diferenças são os diferentes focos de cada um deles. O Guerreiro tem grande força e vitalidade, mas baixa magia e média destreza. A Arqueira tem grande destreza, média magia, vitalidade e força. E o Feiticeiro tem alta magia e destreza, mas baixas força e vitalidade. Cada escolha implica numa estratégia diferente de jogo, mas costuma-se dizer que o Guerreiro é melhor para principiantes, visto que inicia já muito forte, porém não fica tão poderoso no final de sua carreira. A Arqueira seria para jogadores intermediários, visto que se mantém constante ao longo de todo o jogo. Já o Mago seria indicado apenas para jogadores avançados, pois inicia muito fraco e se desenvolve ao longo do jogo, para se tornar o mais poderoso dos três

Tristram

É a única fase de interação. Trata-se da própria cidade. Lá os combates são proibidos e alguns NPCs ou PNJs (Personagens Não-Jogáveis) estão espalhados a fim de dar informações, vender itens e “conversar” com o personagem de jogador. Há personagens característicos de jogos de RPG (Jogo de Interpretação de Papéis), como o Ferreiro, que vende armas, a Bruxa Adria, que vende poções e itens mágicos em geral e o Sacerdote, que oferece curas ao personagem. Há ainda personagens menos importantes, como o bêbado que parece não dizer coisa com coisa, mas que, na verdade é um veterano da Guerra contra as Forças do Mal que acabou enlouquecido por tudo o que viu; a garçonete do bar, que, assim como o dono da Taverna não oferece muitas opções; o velho sábio (que é o último dos Horadrim, uma ordem de sábios guardiões do conhecimento do mundo), que conta as histórias da cidade e cujo nome é Deckard Cain; e o garoto perneta Wirt que vende mercadorias contrabandeadas.
O nome do garoto contrabandista é Wirt e ele possui uma perna de pau. Sua figura se tornou uma espécie de Easter Egg (Ovo de Páscoa) nos jogos da Blizzard, já que em Diablo II pode-se saquear seu cadáver (e utilizar sua perna de pau como um porrete) e em Warcraft III – The Frozen Throne pode-se encontrar a sua “outra perna” no mundo de Dreanor, como se ambas as pernas do garoto fossem de pau.
Por ser o único local em que é possível comprar e consertar itens, além de obter cura, o jogador é quase obrigado a retornar frequentemente à cidade e lá acaba sendo informado de novas missões.

As Catacumbas Inferiores (ou Masmorras)

Quando acessa as Catacumbas inferiores, o jogador abre uma nova entrada (no Mausoléu ao lado da igreja) na cidade que leva até elas. Basicamente essa fase é uma continuação da anterior. Também dividida em quatro níveis de profundidade, as criaturas a serem enfentadas são agora ligeiramente mais difíceis.
Também como na fase anterior, os inimigos, bem como as missões, variam a cada vez que se inicia o jogo do começo. Não há, agora, missões fixas e a missão de maior relevância para a história é a busca da Arkaine’s Valor, a armadura dos Reis antigos. Também nas Catacumbas Inferiores pode-se, algumas vezes, encontrar livros que contam trechos da História do Mundo de Sanctuary, como o Conto dos Três, que faz referência aos três demônios primordiais que, um dia assolaram o mundo, mas que foram banidos: Diablo, Baal e Mephisto.

As Cavernas

Depois de vencidos os quatro pisos das Catacumbas Inferiores, ganha-se acesso ao Subterrâneo, abrindo-se uma nova entrada na cidade acima (nas montanhas próximas do esconderijo de Wirt). Basicamente, esta fase se desenvolve no interior de uma zona vulcânica teoricamente muito profunda, tanto que é cortada por rios de magma.
Aqui os inimigos são consideravelmente mais poderosos e jogadores principiantes, às vezes encontram dificuldades em cotinuar prosseguindo. Praticamente já não existem mais Mortos-Vivos e os Demônios são as maiores ameaças.
A missão de maior interesse nessa fase, também dividida em quatro sub-níveis e onde também tanto a organização do cenário quanto as missões e os inimigos encontrados variam a cada vez que se inicia o jogo do começo, é a busca pela Bigorna da Fúria (The Anvil of Fury), que permitirá ao Ferreiro da cidade forjar uma arma lendária para o personagem.

O Inferno

Todo o enredo do jogo leva o personagem a este ponto. Localizado nas profundezas de Santuário, o Inferno se assemelha a um labirinto com paredes de rochas incandescentes. Os inimigos são quase todos magos malignos e demônios do tipo Succubus. A morte é uma constante para o personagem. Qualquer deslize e ela o acomete. Na estruturação, o Inferno é semelhante às outras três fases: também é aberta uma nova entrada na cidade (uma rachadura no chão atrás da casa da garçonete), os inimigos, as missões e a estruturação dos níveis variam cada vez que se inicia o jogo do começo. Há, contudo, duas missões fixas.
Dentre as missões acessórias, a de maior relevância é o encontro com Lachdanan, o primeiro cavaleiro do Rei Leoric. Mesmo sem ter sobrevivido ao ataque do açougueiro, ele não se tornou um Morto-Vivo maligno, mas, ao contrário, manteve sua honra e seguiu sozinho na perseguição ao Arcebispo Lazarus. Contudo, sem obter sucesso, ele se vê cada vez mais tentado pelas forças do mal que o mantém vivo e, não desejando sucumbir a elas, pede que o personagem encontre para ele um Elixir Dourado que o permitirá morrer, mas sem perder sua alma para o mal.
As missões principais: depois de completados três subníveis do Inferno, o personagem encontra um portal mágico que o leva direto ao refúgio do Arcebispo Lazarus. Lá, ele enfrenta uma legião e magos malignos e, por fim, se depara com o próprio Lazarus. Possivelmente o inimigo mais poderoso do jogo. Ele se encontra em frente a um altar de sacrifício onde jaz uma criança morta. Tudo indica se tratar do príncipe raptado.
Após a batalha, Lazarus morre e o personagem retorna à cidade, onde Deckard Cain lhe explica que a criança não era o jovem príncipe como ele temia ser. O príncipe deve ter sido utilizado num ritual muito antigo que visa invocar Diablo, o Senhor do Terror (Lord of Terror). Cain pede ao personagem que não desista de sua missão e que siga até o último nível do Inferno para matar Diablo. O príncipe já não pode mais ser salvo, mas se Diablo for deixado vivo, logo reunirá outra vez sua legião de seguidores e dominará o mundo. O personagem parte então para sua derradeira missão.
O último nível do Inferno é a parte mais difícil do jogo e se o personagem encontrar a câmara onde Diablo está aprisionado e libertá-lo antes de matar todos os inimigos, não terá chance de sobreviver. Se deixá-lo sozinho, contudo, não encontrará grandes dificuldades.
Após a morte de Diablo, a forma demoníaca desaparece e o jovem príncipe fica caído ao chão, sem vida. O personagem percebe que o estranho ritual que trouxe o Senhor do Terror de volta à vida envolvia cravar um diamante vermelho na testa da criança, matando-a no processo. Tal feito deve ter sido intentado por Lazarus com a outra criança, mas, de alguma forma, deve ter falhado. O personagem retira a pedra da testa da criança e percebe que a mesma está rachada e que a força que ela contém em si está prestes a escapar. Sentindo-se seguro de si, o personagem, num último ato de heroísmo, crava a pedra na própria testa a fim de conter o demônio.
O jogo termina com Deckard Cain rogando para que o personagem tenha se tornado forte o bastante para conter o demônio dentro de si, pois se ele perder a batalha diária que se condenou a travar contra o Senhor do Terror, o mundo pode estar com os dias contados, visto que agora o demônio não estará mais no corpo de uma criança indefesa, mas no de um poderoso herói.

O inventario

como e visto aqui nesta imagem o que temos que fazer das tripas corações para carregas os itens que nos achamos interessantes.

COMPARTILHAR
Posts anteriorCaverna do Jedi -18
Próximo PostChope geladinho onde houver uma lata- beba com moderação e se for dirigir não beba
Faustino Neto- O Nerd Tatuado Editor geral, editor de vídeo, fundadorOcupação: Empresário, blogueiro , youtuber, social mídia, fotógrafo, colecionador. Base de operações: Arapiraca/Alagoas Ações Nerd: Livros, Games, RPG, HQ, cinema, STAR WARS, colecionáveis, fotos , tatuagem, Simpsons, breanking bad, Game of thrones e outras series Poderes mutantes: Ter lag quando estou conversando Viaja sem sair do lugar