Estratégia, competitividade e diversão te esperam nesse CCG!
Gwent se encontra em constantes atualizações e melhorias pela CD Projekt RED.

Gwent é um CCG (jogo de cartas colecionável) desenvolvido pela CD Projekt RED e lançado em versão BETA Aberto. Tem recebido constantes atualizações e muitas cartas são adicionadas. Portanto, não se engane quando digo que Gwent está em fase de testes! O jogo já possui campeonatos ao redor do mundo e uma fanbase bem sólida!

O que chamou atenção no jogo foi seu estilo diferente de apresentar o campo de batalha e a forma como “ganhar” as partidas. Basicamente você precisa somar força em seu lado do campo para ganhar 1 round, de um total de 3 rounds.

Além, é claro, do fato do jogo de cartas ter sido inicialmente um “minigame” de The Witcher 3, que fora produzido também pela CD Projekt RED, um jogo épico de RPG eletrônico que faturou diversos prêmios!

Mas vamos ao que interessa! Como funciona Gwent?

Campo de Batalha

Existem cartas que causam “clima” e afetam cartas em uma área do campo.
Você também poderá ver os pontos de cada jogador.

O campo de batalha de Gwent é dividido entre três linhas: frente, intermediária e cerco. Você abaixa suas cartas nesses espaços do campo e seu oponente faz o mesmo. (Guarde essa informação da divisão do campo em três partes que vamos falar disso mais pra frente).

É possível ver uma espécie de moeda do lado esquerdo do campo, esse é o indicador de quem é o turno para jogar. Na parte superior e inferior da “moeda” você também é capaz de acompanhar a pontuação dos campos. Assim você fica sempre aplicando as suas habilidades de matemática básica pra saber se é mais vantajoso passar a vez ou continuar abaixando cartas.

Do lado esquerdo estão as cartas destruídas e do direito o baralho.

Do lado direito do campo ficam as cartas destruídas e o seu baralho de cartas ainda não usadas. Você pode ver pelo indicador de números quantas cartas foram destruídas e quantas ainda restam no seu baralho. Isso é ótimo para você poder controlar suas jogadas e deduzir qual poderia ser a próxima carta sua ou do seu adversário.

Turnos do jogo

São 10 cartas mais o Líder.

Você inicia o jogo com 11 cartas em sua mão e, na primeira rodada, cada jogador pode substituir até 3 cartas antes de começar a partida. Após terem sido feitas (ou não) as trocas, a partida começa. Enquanto o round durar, nenhum jogador poderá “comprar” cartas do baralho, exceto pelo efeito especial de alguma carta que te force a fazer isso.

Essa mecânica, na verdade, é uma das coisas que deixa o jogo tão estratégico. Você precisa trabalhar com as cartas que tem em mãos, logo, precisa pensar exatamente em quantas cartas vai gastar durante o round para ter uma mão decente no segundo round. Alguns jogadores, inclusive, passam a vez no primeiro round, só para ter alguma vantagem nos dois próximos.

Quando começa o segundo round, cada jogador puxa duas cartas do baralho e pode substituir uma. Depois disso, assim como no primeiro round, o jogador não poderá puxar mais cartas exceto por um efeito especial.

Se o terceiro e ultimo round iniciar, cada jogador puxa uma carta do baralho e pode substituir uma vez.

Então, seguindo essa lógica, quanto mais cartas você usa no primeiro round, menos terá na mão para o segundo, e se continuar a usar muito, menos ainda terá para o terceiro. E se você usar todas as cartas antes do terceiro round, você só terá uma carta que é a única que você puxa do baralho no início do terceiro round. E em Gwent o que você não quer é ter que depender dos pontos de força de uma única carta.

Como vencer?

As partidas são jogadas em uma disputa de MD3 (melhor de três rounds). Então se você ganha o round 1 e 2, já vence a partida. Mesma coisa se perder os dois primeiros rounds. No caso de cada jogador ganhar 1 round, a partida segue para o terceiro e ultimo round.

Possui 4 pontos de força.
Possui 10 pontos de força.

Em Gwent cada carta (exceto as de magia) possui um ponto de força específico que fica destacado no topo da carta. Esse ponto funciona como a vida da carta, ou seja, se o oponente usar habilidades de dano em cima da sua carta, ele poderá destruí-la. Por exemplo:

 

  • Você tem uma carta com 4 pontos de força no campo. Se o oponente usar a carta Trovão de Alzur em cima da sua carta, a sua carta será destruída. Pois o Trovão de Alzur causa 9 de dano a uma carta.
Trovão de Alzur causa 9 de dano.

Além de servir como indicador de “vida” para sua carta, esses pontos são cruciais para sua vitória! Para ganhar rounds você precisa somar pontos de força, o lado do campo de batalha mais forte no final do round vence. Ou seja, se no final da rodada você tiver no campo três cartas com 10 de força, você terá feito um total de 30 pontos. E se seu oponente tiver no campo quatro cartas com 3 de força, ele terá feito um total de 12 pontos. Como, logicamente, 30 > 12 você vence o round.

No final do round o campo de batalha é zerado e todas as cartas são destruídas. Daí a importância de você saber quais cartas jogar e quando, para não desperdiçar suas cartas mais fortes.

Facções

Existem 5 tipos de baralhos que você pode montar. Cada um possui pontos fortes e fracos que podem ser explorados para criar excelentes combinações contra baralhos específicos.

São 5 facções ao todo.

Cada Facção possui cartas específicas e combinações variadas. Você poderá escolher entre: Nilfgaard, Monstros, Skellige, Reinos do Norte e Scoia’Tael.

Modos de jogo

Gwent é um jogo que comporta diversos modos de partida para que você possa explorar ao máximo seus baralhos, divertir-se no jogo e, claro, atingir a vitória utilizando o máximo potencial de suas cartas. Para tal, o jogo conta com: Partidas Casuais, Partidas Classificatórias, Desafios, Arena e Treinamento.

Explore todos os modos do jogo.

Além disso, existem missões diárias como “vencer partidas” que recompensam com Barris de Cartas e “Restos” (útil para fabricar cartas).

Minhas considerações

Gwent é um baita jogão! Tem todos os elementos essenciais que tornam um jogo de cartas atrativo. E por ser COMPLETAMENTE free-to-play você, ser humano normal, pode crescer no jogo e montar seus baralhos com cartas fortes sem precisar ter que vender seu rim para comprar coisas no jogo. Missões, vitórias e nível te recompensam com Barris de Cartas que é a forma de você conseguir mais cartas, além dos “Restos” que você adquiri moendo cartas repetidas e pode usar esses restos para fabricar cartas novas.

O jogo tem uma excelente localização para PT-BR, a dublagem é sensacional e as músicas são totalmente imersivas. Os gráficos do jogo não deixam a desejar e os controles são simples e depois de alguns treinamento você domina o que precisa fazer no jogo.

O que me desanima um pouco é a conexão com o servidor que as vezes pode ficar inconstante, mas isso não costuma prejudicar tanto. Como em uma versão que recebe constantes atualizações, acredito que isso será corrigido em breve.

No mais, vale muito a pena jogar Gwent, o jogo é de graça e pode ser baixado pelo site oficial.


E aí, nerds, vamos jogar Gwent?!

REVER GERAL
Jogabilidade
9,5
Gráficos
9
Trilha Sonora
9
COMPARTILHAR
Posts anteriorRampage: Destruição Total | Novo poster internacional traz os monstros dominando
Próximo PostLista | 3 card games pra se divertir em grupo
Werner é um gamer de 21 anos de idade. Sendo especialista em roteiro e criação, atua como desenvolvedor de jogos digitais. É escritor e um professor viciado em chocolate amargo, RPG e MOBA.Melhor amigo de um gato bipolar que passa a maior parte do tempo tentando dominar o mundo. Um bom psicólogo pros amigos e amante da literatura fantástica. “Get over here!”.