Filmes Western

Filmes western, ou os famosos faroestes, Filmes Western Contemporâneos Imperdíveis sempre estiveram presentes na história do cinema. Porém nos últimos anos o gênero parece que ficou um pouco esquecido e as produções se tornaram escassas, até porque filmes de super-heróis estão dominando o mercado blockbuster e as atenções se voltaram para as grandes produções.

A ideia dessa lista é elencar algumas produções que me chamaram a atenção dentro do cinema western, algumas bem menores e desconhecidas outras inclusive com cineastas conceituados, para mostrar a força narrativa dessas produções e como o faroeste ainda pode ser um ótimo meio para contar histórias.

A Salvação (The Salvation – 2014)

O mais curioso de A Salvação é que ele é um filme western dinamarquês talvez um dos poucos exemplares desse gênero na região, que é muito mais conhecida pelos dramas existenciais de Lars Von Trier e Thomas Vinterberg. Estrelado por Mads Mikkelsen (em atuação soberba). A ideia central é um filme de vingança, mas a execução do diretor Kristian Levring com tomadas belíssimas e ângulos de câmera ousados é que fazem a diferença.

Amaldiçoada (Brimstone – 2016/2017)

Talvez esse seja o filme mais ácido da lista, os temas abordados pelo diretor Martin Koolhoven são no mínimo controversos e polêmicos. O interessante da forma do cineasta conduzir a narrativa é o desapego que ele tem com seus personagens, a narrativa não mantém uma linha previsível de raciocínio o que torna o suspense criado uma ótima ferramenta para prender o espectador na história daqueles personagens.

Rastro de Maldade (Bone Tomahawk – 2015)

Aqui também temos uma peculiaridade, a ousadia do diretor S. Craig Zahler foi mesclar o clássico western com elementos de terror. E como todo bom filme de terror a violência gráfica é o diferencial, e o mais interessante, tudo é executado de maneira muito competente de forma que torna crível essa mistura.

O Vale Sombrio (The Dark Valley – 2014)

Novamente temos um filme que vem de uma região que não tem tanto o costume de criar westerns. Nesse longa metragem, o austríaco Andreas Prochaska, subverte o estilo e troca as paisagens áridas pela neve densa, o plot central não é inovador, mas o interessante é a bela coreografia e filmagem das cenas de ação.

A Proposta (The Proposition – 2005)

O diretor e roteirista John Hillcoat ficou muito conhecido após ter entregado o ótimo filme “A Estrada”, mas antes disso o australiano já mostrava talento por trás das câmeras. Em 2005 ele concebeu uma espécie de filme revisionista em “A Proposta”. O foco aqui é mais na construção dos diálogos e dos personagens (e não tanto na ação) e principalmente tornar o tema central o motor principal da narrativa; vale destacar a fotografia sensacional.