Desde que eu era apenas um pequeno Skilo no mundo sempre gostei muito de figuras de ação. Como qualquer criança naquela idade, tinha uma coleção de comandos em ação que em um fatídico dia foi rouboubada por vacilo meu, e naquela ocasião eu queria que minha mãe comprasse toda uma nova coleção para mim, afinal eu era apenas uma criança e não tinha esse poder. Foi ai que ela me disse:

“O dia que você tiver seu emprego, você poderá comprar todos os bonecos que quiser”.

A maldição se fez verdade. Aos meus 16 anos arrumei meu primeiro emprego, e logo com meu primeiro salário veio a primeira Action Figure da minha coleção, que foi um Magnetic Spider-man da Toy biz, que como o próprio nome diz, é um homem aranha com imã nos pés para que ele fique preso a parede metálica que vinha junto com ele, parede essa onde ainda havia uma janela com o J.J. tentando retirar o telefone grudado em seu rosto com teias do aranha.

magneticspiderman

No segundo salário veio a segunda figura, que foi um Demolidor da série MARVEL LEGENDS SPIDER-MAN CLASSICS SERIES 6, que também vinha com uma base onde podia pendurar o Demolidor para que ele ficasse balançando no mastro.

sm6_daredevil8

Nesse ponto da minha vida, com uma coleção de duas figuras eu já havia percebido que estava bem ferrado, pois não iria mais conseguir parar de comprar. A cada figura que chegava na coleção sempre havia o ritual de retirá-la da embalagem e a cada cheiro de plástico novo que eu sentia, minha felicidade com a coleção só aumentava, enquanto a conta bancária diminuía.

No início, eu era bem focado em algumas figuras, como sempre gostei muito do homem-aranha, minha coleção começou a crescer com as figuras relacionadas a esse tema, porém conforme fui ficando mais velho e conhecendo o infinito mundo de Action Figures fui percebendo que não conseguiria ficar em só.

toy-biz-kraven-series-6-spider-man-classics-marvel-legends-2003-6-inch-5556-1bb57476a15567e2efaa0b10901e1ab1

Logo começaram a ser produzidos os Cloth Mynths dos Cavaleiros do Zodiaco (2003), a primeira linha não os Cloth myth EX, acompanhei cada lançamento dessa linha e cada importação para o Brasil pela Long Jump e ia adquirindo conforme ia tendo a possibilidade financeira para tal, afinal como qualquer coisa no mundo do colecionismo de Action Figures, principalmente no brasil, eram muito caras, mas isso nunca me impediu de correr atrás das figuras que queria, entrando até em leilões on-line quando uma figura que eu queria já estava esgotada, afinal algumas delas só vinham 1000 unidades para o Brasil e importar sozinho ainda não era uma realidade para mim.

Hoje ostento os 12 cavaleiros de ouro além de alguns marinas de Poseidon, guerreiros deuses e cavaleiros de bronze.

all-gold

Agora em 2016, 18 anos depois de ter começado com esse hobby que leva quase todas minhas economias e todo o espaço da minha casa, posso dizer que sou viciado em colecionar Actions Figures? Sim, pois ainda hoje quando entro em uma loja especializada no ramo pareço um retardado que não consegue pensar em mais nada além de: PRECISO LEVAR TODAS ESSAS FIGURAS PARA MINHA CASA.

Pela falta de espaço estou no momento passando por um hiato nas compras, mas é muito difícil se controlar, ainda mais com o crescente mercado e cada vez mais lojas on-line especializadas.

Vejo várias pessoas que colecionam muitas vezes se questionando se deveriam continuar colecionando, se deveriam vender parte das suas coleções e muitas delas em grupos de colecionadores questionam aos outros se passam pela mesma situação. Posso responder por mim que com toda certeza nesses 18 anos NUNCA tive essa sensação ou esse questionamento pessoal, realmente amo muito colecionar Actions Figures, gostaria de ter cada vez mais espaço e cada vez mais figuras, mesmo com todo o dinheiro gasto e todo o trabalho que da cuidar bem delas.

Tem também a galera que se questiona se deve ou não tirar da caixa para a figura não desvalorizar, esse é outro medo de colecionador que não tenho, não coleciono com o pensamento de um dia vender as figuras mais valiosas e fazer minha aposentadoria, coleciono pelo simples prazes que tenho em abrir cada uma das figuras que compro, pelo prazer de vê-las na estante, pelo prazer de sentir o cheiro de plástico novo, pelo amor pelas figuras de ação, e a vida é muito curta para manter os brinquedos na caixa.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here