ThunderCats: Hooooo!!! Com uma visão além do alcance, descubra os monumentos reais em que os produtores dos felinos mais famosos da TV se basearam.

[Visite os monumentos desta série:]
A Sala de Justiça dos Superamigos.
O Castelo de Grayskull de He-Man e She-Ra.

A série animada ThunderCats foi uma das mais longevas nos anos seminais da nerdice brasileira. O glamoroso Xou da Xuxa exibiu 100 episódios dos 130 produzidos do desenho, de 1986-1990 pela TV Globo. Em 1995 foi a TV Colosso que reprisou e em 1996 foi a vez da Warner Channel, pelo Cartoon Network na íntegra. Em 2001 o Bom Dia & Cia do SBT obteve o direito de exibição, até que em 2012 voltou a ser exibido novamente pelo SBT, no programa Sábado Animado. Qual o segredo da exitosa longevidade da telessérie? Foi, sem dúvida, o enredo, que tratava da sina de todo imigrante em terras estrangeiras, junto com o fato de os personagens não serem humanos, mas felinos, numa aproximação do recurso das fábulas.

Um thunderenredo
Sketchbook do elenco principal dos ThunderCats (1985).

O enredo era o seguinte: dois planetas eram antigos inimigos, porém operando sob um pacto de não agressão; um era Plun-Darr, o outro era Thundera. Plun-Darr rompe o pacto numa conspiração para se apossar da Espada Justiceira, feita dum metal com propriedades místicas e científicas, invade Thundera, assassina seus líderes e extingue o planeta. Somente um pequeno grupo fugitivo escapa do atentado, resguardando a tal espada, viajando pelo espaço às escondidas e sem rumo, até que chegam a uma galáxia que tem por planeta habitável um que se chama “Terceiro Mundo” (uma alusão aos países de 3º mundo à época). O grupo era formado por seres felinos, Jaga, Panthro, Tygra, Cheetara, Lion-O, WilyKit, WilyKat e Snarf. Ali, constroem um monumento habitável, a Toca dos Gatos. O grupo perseguidor toma ciência do paradeiro da joia da Espada Justiceira – o Olho de Thundera – e ruma ao Terceiro Mundo também. É quando ambas as raças descobrem que nesse Terceiro Mundo habita uma criatura milenar que domina a morte e a feitiçaria, a múmia Mun-Ra.

A Toca dos Gatos
O grande monumento da animação: a Toca dos Gatos, construído no Terceiro Mundo como uma obra em homenagem ao planeta Thundera.

Ajudaram na construção da “Toca dos Gatos” os berbils, robôs com forma de coalas que vivem nas florestas do Terceiro Mundo (baseados nos ewoks de Star Wars, O Retorno de Jedi e nos da Caravana da Coragem). Foi Tygra quem projetou a Toca dos Gatos, incluindo todos os sistemas de computadores, redes elétricas e geradores de energia. Utilizou seus conhecimentos que vão desde arquitetura e engenharia até química e ciências biológicas. Fez dessa moradia não só uma lembrança do extinto planeta natal Thundera, como também uma fortaleza tecnológica. Panthro utilizou seu conhecimento em mecânica e tecnologia avançada para criar as redes de proteção como todo o armamento de proteção e deslocamento utilizado pelos ThunderCats armazenados em seus interiores.

E se você descobrisse que a Toca dos Gatos realmente existe? 

Convém saber, antes de tudo, que a franquia ThunderCats possui fortes elementos da organização política do antigo império egípcio: Mun-Rá é um antigo faraó mumificado; os habitantes de Thundera são felinos, a maioria gatos, e os gatos eram sagrados no antigo Egito (além de sua dispersão pelo mundo ter vindo de lá); Jaga é um nobre rei, um espírito guia do grupo sobrevivente, se aproximando assim das divindades egípcias. É desse contexto que foram criados o Olho de Thundera e a Toca dos Gatos, todos monumentos baseados em monumentos arqueológicos egípcios.

Transformação da múmia Mun-Rá no faraó: “Antigos espíritos do mal, transformem esta forma decadente em Mun-Rá, o ser eterno!”.

O Olho de Thundera é a joia que fica circunscrita à Espada Justiceira de Lion-O que, unida ao metal mágico da arma, faz a espada crescer, confere zoom de longo alcance e torna seus golpes mortais. O Olho de Thundera é, na realidade, uma fusão dos amuletos de Udyat (o “Olho de Hórus”) com o de Per Bast (o “Olho de Gato”) da deusa Bastet.

Cena memorável: diante de grave ameaça, Lion-O com o Olho de Thundera, convocando todos os ThunderCats a seu encontro.

Em cima: o Olho de Hórus. Embaixo: o Olho de Gato de Bastet.

A Toca dos Gatos, quartel-general dos ThunderCats, é o famoso monumento da Grande Esfinge de Gizé, no Nilo.

 

A grande Esfinge de Gizé.

Agora que você sabe de onde vêm os monumentos de Thundera, que tal fazer uma viagem à monumental abertura do desenho dos ThunderCats, uma das mais empolgantes e bem elaboradas trilhas sonoras animadas já produzidas?

☛ Não perca o próximo monumento: o Santuário das 12 Casas dos Cavaleiros do Zodíaco.