Nome: Motorstorm Apocalypse
Gênero: Corrida
Distribuidora: Sony
Plataformas: PS3

Motostorm Apocalypse (Foto: Divulgação)Motostorm Apocalypse (Foto: Divulgação)

Uma das franquias mais famosas para o atual console da Sony está de volta. Misturando a mecânica de sucesso com boas inovações, o título agrada ao apresentar circuitos que se modificam a cada volta. Confira o review de Motostorm Apocalypse:
Rumo ao fim do mundo 
A série, apesar de popular, nunca conseguiu alcançar uma posição de destaque no gênero devido a pouca originalidade e muitos deslizes em sua mecânica. Porém, de tanto errar, parece que a desenvolvedora Evolution Studios acertou dessa vez e apresentou um game que vai muito além de um jogo ocasional.
Embarcando na moda holywoodiana de filmes catástrofes, Motostorm Apocalypse leva os jogadores a corridas em um planeta Terra devastado por desastres naturais. Isso faz com que o jogo tenha elementos adversos que saem um pouco da mesmice dos jogos de corrida Arcade.
Esse sistema merece muitos elogios graças a uma estrutura muito bem aplicada de modificações de cenário durante as provas. Alguns outros jogos, como FUEL e Split/Second, já ousaram em apresentar esse mesmo mecanismo, mas ambos não conseguem reproduzir o clima tenso de Motostorm, onde a cada momento um elemento do cenário pode comprometer sua corrida.

Motostorm Apocalypse (Foto: Divulgação)Motostorm Apocalypse (Foto: Divulgação)

Empolgando-se com o modo história 
O jogo conta com um modo história dividido em três níveis de dificuldade, o que é inédito na série. Cada uma delas é representada por um personagem (Mash, Tyler e Big Dog) com distintas histórias e poucas coisas interligadas. Como cada personagem representa um nível de dificuldade, fica fácil se acostumar com a jogabilidade do game. Durante esse modo, a cada prova completada uma modalidade é habilitada e deixada à disposição do jogador em outros modos.
O jogo também conta com a modalidade online que, apesar de divertida, é repleta de lags e bugs, fazendo com que carros sumam da sua frente e apareçam em outro lugar. Por isso, embora interessante, este não é um dos melhores games para se divertir com seus amigos via rede.
A famosa variedade de veículos disponíveis para o jogador continua nesta versão com um incremento a mais: as opções de personalização. Além de pintar e encher sua máquina com adesivos é possível adicionar e remover peças, dando um ar de Tunning ao game.

Motostorm Apocalypse (Foto: Divulgação)Motostorm Apocalypse (Foto: Divulgação)

Para onde eu vou?
Em relação aos gráficos, a série ainda deixa a desejar como em seus outros títulos. Apesar de contar com muitos elementos externos e uma boa variedade de pistas, a simplicidade ainda é notada, principalmente no momento das colisões, em que polígonos estouram com grande facilidade.
As destruições do cenário são bem reproduzidas, apesar de confundirem bastante. Se esse é um fator que aumenta a tensão durante as corridas, também incomoda. Você vai perceber isso, quando em meio a poeira ou fumaça, o mundo somar a sua frente e um pedaço de cenário surgir para colidir com seu carro e comprometer a sua corrida. Se os gráficos apresentassem texturas melhores, tudo ficaria mais fácil.

Motorstorm Apocalypse (Foto: Divulgação)Motorstorm Apocalypse (Foto: Divulgação)

Seja rápido no volante
A jogabilidade apresentada em Motostorm Apocalypse não é das melhores. O jogo é todo focado em uma condução no melhor estilo Arcade, ou seja, acelere na reta e reduza nas curvas. Por isso, é preciso apenas (muita) agilidade para desviar de todas as adversidades que surgem pelo seu caminho.

Os veículos também se distinguem em relação a jogabilidade e velocidade. Motos e triciclos são mais rápidos e possuem pouca resistência a impactos, enquanto caminhões e carros maiores não correm tanto, mas destroem todos que cruzam seu caminho.  
Conclusão 
Para os fãs de corridas Arcades, Motostorm Apocalypse é uma das melhores opções de título desta geração, graças ao clima de tensão durante todas as provas e a um eficiente sistema de modificação dos cenários, mesmo que estas modificações acabem acarretando em problemas na visualização do trajeto e lags no multiplayer online.


Agradecemos a FastGames pelo envio do jogo para a análise

Loading Facebook Comments ...