Que Wolverine, no cinema, já é o centro das atenções todos já sabem – mas agora a Marvel resolveu criar um novo arco nos quadrinhos, separando os X-Men em dois grupos
Por GQ Online

O final da antiga saga nos quadrinhos, X-Men: Schism, com Cyclops fritando a cabeça de Wolverine, que se reconstitui e fica novinho depois…

São 48 anos de existência, então o que fazer com personagens que duraram tanto e já tiveram centenas de versões e tratamentos – inclusive no cinema? Bom, Wolverine agora é o chefão segundo a Marvel. Mesmo com a crise dos quadrinhos (físicos, no papel) e a tentativa de pular para o digital (iPad), a editora tem de renovar constantemente suas edições. É praticamente um facelift, tentando conservar alguma coisa do personagem – nem que seja só o nome ou só a cor da cueca em cima do uniforme. Regenesis – Wolverine & the X-Men é a nova versão dos quadrinhos do grupo, que vai substituir a saga X-Men: Schism. Agora as ideias pouco fofas de Wolverine vão preponderar na  Jean Grey School for Higher Learning (algo como Escola Jean Grey para Conhecimentos Mais Avançados), em que não só os jovens vão ser educados, mas ter seus poderes afiados, algo que o antigo Professor Xavier não iria gostar muito.

Briga escatológica

Wolverine lidera a amada Fênix, Kitty Pryde, Iceman e Beast (vamos manter no inglês, melhor, né?). “Certamente é um time excêntrico, não é o que todos esperariam”, explica o escritor da nova fase, Jason Aaron. O que acontece é que Cyclops, também namorado de Jean Grey, tem um arranca-rabo com Wolverine na série anterior, X-Men: Schism – algo que acontece também nos filmes, desde o primeiro, lançado em 2000. Como os quadrinhos têm uma liberdade maior em mostrar momentos exóticos e escatológicos (no cinema isso limitaria o público), a batalha final mostra Cyclops fritando a cabeça de Logan até o osso – e, ainda assim, Wolverine batendo de volta. Na nova saga nos quadrinhos, um grupo fica em São Francisco (o de Cyclops) e o outro um diferente rumo, com Wolverine liderando. Aaron garante que muitas “coisas doidas” estarão no primeiro número. O Professor Xavier fará uma pequena participação, meio que passando o bastão e aí é com o mutante de garras.