NT Indica- Linha M Patti Smith

Sempre adorei o mar, mas nunca aprendi a nadar.

Esse post é especial pra você Pri, que me disse recentemente que sempre lê o que escrevo por aqui, e não sabe como foi bom saber disso.

Não é nenhuma novidade o quanto eu gosto de Patti Smith e hoje vou indicar uma de suas obras.

Linha M é um livro sobre memórias, me lembra muito um diário mas escrito de forma leve, sem combinações apenas a escrita despretensiosa e gostosa de ser lida. Patti descreve os lugares que visitou, o que aprendeu de novo, nos mostra fotos de objetos dos artistas que gosta com a polaroide que carrega sempre com ela.

Essa obra é uma auto biografia que fala de perdas, mudanças e também de saudade.

Como eu disse outro dia toda obra da Patti é uma viagem e quando leio sinto que estou sentada em algum bistrô em Paris tomando um café enquanto conversamos, mas como nunca fui a Paris também pode ser ali na Paulista.

Além de nos fazer concordar com ela em diversas vezes como quando ela estava vendo um episódio de Doctor Who e assim como eu, ela acha o David Tennant o melhor Doctor, aproveita essa indicação heim!

Há simplicidade e verdade na escrita, é um traço tipico da Patti Smith que faz você querer ler tudo o que ela publicar, em todas as suas obras a menções a diversos outros autores que faz nossa lista de desejos aumentar drasticamente.

Linha M

A edição que li da Companhia das Letras.

Você pode começar a ler Patti por só garotos, por Linha M, ou você parar o que está fazendo agora e ouvir o álbum “Horses” considerado pela Rolling Stone como um entre os melhores cem álbuns de estreia de todos os tempos.

Quer comprar essa edição? Aproveita que na Amazon tá sempre em promoção:

Linha M Patti Smith

Depois de ler uma obra dessa escritora que indico de olhos bem fechados, vem aqui e me diz o que você achou.

Xoxo!!

Leia Mais
DiY| League of Legends na sua decoração
%d blogueiros gostam disto: