A Monster Calls é um filme para refletir, sensibilizar e emocionar.

Sabe quando você assiste ao um filme despretensiosamente? Pois é… Sete Minutos Depois da Meia Noite (vou passar a escrever pelo seu título original A Monster Calls, bem menos palavras hein) surpreende com seu forte drama, um filme que não vai divertir as crianças com os diálogos e ação. Dirigido por Juan Antonio Bayona (O Impossível), A Monter Calls é um drama misturado com fantasia; o que caiu como uma luva para completar a ideia do filme. Contando com incríveis ilustrações, aliás, uma bela surpresa. A obra une aspectos psicológicos, bullying, relações familiares e medos.

Eu não vou escrever uma crítica sobre o filme, vou tentar atiçar a curiosidade de quem ainda não o viu, para conferir essa que é, na minha opinião, uma obra de arte.

Eu assisti a esse filme sem muitas expectativas, a sinopse era boa e me deixou curiosa. Afinal o que eu achei de tão especial em A Monster Calls? Bem, eu adoro quando o cinema retrata histórias delicadas sobre a frágil psicologia humana, o quanto que isso geralmente é um tabu. O filme se encaixa nesse perfil.

A história do menino Conor O’Malley (Lewis MacDougall, que aliás tenho que deixar meus parabéns para a atuação arrasadora desse garoto) diz muito sobre fragilidade, sua mãe está com câncer (Felicity Jones), seu pai (Toby Kebbell) mora em outro lugar com sua nova família, ele não tem amigos e tem um péssimo relacionamento com sua avó (Sigourney Weaver) a única parente próxima. O que fazer numa situação dessa sendo apenas uma criança? Bem, é isso que J.A Bayona vai retratar nesta obra.

Conor se sente invisível, logo se sente sozinho, o que se torna um problema bem sério.

Em uma certa noite ele recebe uma ilustre visita do The Monster, uma árvore gigante com uma voz intimidadora que faz certa proposta à Conor. Ele (a árvore) irá contar três histórias, porém a quarta história Conor terá que contar. O mistério está na quarta historia que será contada pelo menino, e aí está a grande surpresa do filme, mas vocês terão que assistir para descobrir! Garanto que vocês serão confrontados assim como eu fui. Lógico, há muito mais coisas a dizer sobre A Monster Calls, talvez eu ainda escreva algo mais aprofundado.

E você, já assistiu A Monster Calls?! Comenta aí o que o filme significou para você.