Quem assistiu aos filmes “Toy Story”, “Vida de Inseto” e “Monstros SA” pode não imaginar que por trás da Pixar, empresa que os produziu, estava Steve Jobs – uma participação mais que especial que ajudou a impulsionar e revolucionar a animação que conhecemos.
A Pixar nasceu como uma divisão da Lucas Films, a empresa de efeitos especiais de George Lucas, responsável pelos efeitos dos filmes “Guerra nas Estrelas”. Produções consideradas revolucionários para a época, final dos anos 70, Jonh Lasseter, que antes de fazer parte da Lucas Film, era animador da Disney, lança em 1984 ja na Lucas Filme, sua primeira animação em 3d: André and Wally B.

Steve Jobs. (Foto: Divulgação)Steve Jobs. (Foto: Divulgação)

Em 1986, a Pixar é comprada por Steve Jobs, com um investimento de 10 milhões de doláres, fato que foi considerado pela Total Film, em 2004, como “a 6a. decisão mais idiota da história do cinema.” Considerado “idiota” por alguns, fato é, a Pixar se estabeleceu como uma empresa sólida de animação: ganhou 28 prêmios da Academia, o famoso Oscar, seis Globos de Ouro e três Grammys, como muitos, muitos milhões.
Logo em 1987 sai a primeira animação, Red’s Dream. No mesmo ano foi lançado Luxo Jr. que recebeu uma indicação ao Oscar por Melhor Curta Animado e o primeiro lugar no Golden Gate Awards por Computer Generated Imagery (CGI). O começo de uma história de prêmiações e de sucesso de público.
Em 1995, depois de anos perdendo dinheiro, a Pixar lança seu primeiro grande sucesso “Toy Story”, considerado o filme de animação mais bem sucedido da história, pedendo somente para sua continuação, “Toy Story 3”, nesse ano, Toy Story recebeu indicações de Melhor Música Original e Melhor Roteiro, e um prêmio especial, o Special Achievement Award, entregue para John Lasseter pelo desenvolvimento e inspiração aplicados em técnicas que tornaram possíveis o primeiro longa animado.
Além do prêmio da Academia e suas indicações, Toy Story recebeu indicações para Saturn Award por Best Writing e Best Fantasy Film, entre mais 7 indicações, incluindo um Golden Globe por Melhor Comédia e Musical e Música Original e mais 10 premiações, incluindo um Annie Awards em 8 categorias.

Pixar (Foto: Reprodução)Steve Jobs faz um investimento de U$ 10 milhões na Pixar, em 1986 (Foto: Reprodução)

Toy Story arrecadou 362 milhões de dólares no mundo todo. A distribuição do filme foi realizada pela Disney, que havia realizado uma parceria com a Pixar em 1991 para pequenas animações, o que foi uma grande motivação para Steve Jobs não revender a empresa na época.

Em 2006, a Pixar é comprada pela Disney. Com isso, Steve Jobs se torna o maior acionista individual desta empresa.
Quem acompanhou a história de Steve Jobs, consegue perceber a perfeição, a preocupação com a experiência do expectador e a excelência dos resultados, que são marcas já conhecidas da Apple. Um toque do seu fundador que, com muito carinho e dedicação, deixou sua marca também na história do cinema.