imagem

Hoje a série Street Fighter completa 24 anos de vida! Embora quase todo mundo ache mais relevante o lançamento do segundo game da série (que acontreceu em março de 1991), foi o primeiro game da série – lançado em 30 de agosto de 1987 – que calçou os alicerces da franquia que hoje é referência nos jogos de luta. Ryu e Ken, shoryukens e hadoukens, tudo isso surgiu com o primeiro Street Fighter.
Por tudo isso, prestamos esta singela homenagem ao clássico nem tão conhecido que é o primeiro Street Fighter!

Lançado pela Capcom há exatamente 24 anos atrás nos arcades japoneses, o primeiro Street Fighter era bem mais simples do que a gente está acostumado hoje em dia, mas seu conceito era o mesmo: um torneio de artes marciais envolvendo lutadores de diferentes países.

O torneio, porém, começou de maneira um tanto restrita: o jogador não podia escolher um personagem, e contava apenas com Ryu, representando o Japão. Se um segundo lutador entrasse na partida, ele automaticamente assumiria o comando de Ken, representando os Estados Unidos.

imagem

Enquanto o visual do Ken era basicamente o mesmo, Ryu ostentava um look um pouco diferente: com cabelos ruivos e usando um questionável par de sapatilhas vermelhas (?!), o personagem já ensaiava seus primeiros hadoukens e shoryukens, golpes que se tornariam ícones não só do mundo dos games, como da cultura pop. Em Marvel vs. Capcom 3, há uma skin para Ryu que traz de volta este primeiro visual do personagem para a geração atual.

Embora o jogador não tivesse muita escolha de escolha, o computador controlava vários outros lutadores, muitos dos quais nunca mais apareceram na série. Na sequência oficial (o clássico Street Fighter II) voltaram apenas Ryu, Ken e Sagat, sendo que no primeiro game, o gigante tailandês era o último chefe.

imagem

Já outros personagens como Retsu, Geki, Joe, Mike e Lee não tiveram muita sorte (embora Mike se pareça um pouco com o Balrog antes da fama), e permanecem na geladeira da Capcom. Outros foram mais afortunados e foram reaproveitados em crossovers e spin offs da série. É o caso de Adon, Eagle, Gen e Birdie, que inicialmente era um punk bem mais normal que o da série Alpha.

Uma das caracterísiticas interessantes do primeiro Street Fighter é que seu gabinete teve duas diferentes versões: a primeira delas apresentava apenas dois botões – um para soco, outro para chute – e os golpes fracos, médios ou fortes eram desferidos de acordo com a força com que o jogador os pressionava.

imagem

Como o povo geralmente é meio estúpido e desce a lenha nos botões, estes botões sensíveis à pressão acabavam estragando. Posteriormente, as máquinas foram substituídas pelas versões com seis botões normais que perduram até hoje.

O torneio do primeiro Street Fighter era composto por 10 lutas, divididas em 8 lutadores representando Japão, Estados Unidos, China e Inglaterra, mais os 2 tailandeses Adon e Sagat. Entre as lutas, o tradicional aviãozinho sobrevoando o mapa aparecia para levar o jogador ao seu próximo destino.

Os cenários do game apresentavam diversas paisagens famosas como o Monte Rushmore e a Muralha da China. As lutas eram bem desbalanceadas, e muitas vezes apenas um shoryuken era o bastante para derrotar um oponente!

imagem

Fecham o pacote deste clássico alguns bônus interessantes: o primeiro consiste em quebrar uma pilha de pedras com um golpe – desconfiamos que foi daí que a série Mortal Kombat tirou seus desafios do tipo “Test Your Might”. No segundo bônus, o jogador deve acertar tábuas seguradas em diferentes locais do cenário.

Nos vídeos abaixo, você confere um speed run que vai do primeiro ao último lutador de Street Fighter, passando pelos bônus e tudo mais. Nostalgia pura!

Nossos mais sinceros parabéns à Capcom, que revolucionou os jogos de luta com este clássico. E se você achou o jogo meio tosco, não esqueça que sem Street Fighter possivelmente não teríamos Street Fightewr II, III, IV, Alpha, e tantos outros crossovers e games relacionados que existem por aí.

Parabéns Street Fighter, e que venham mais muitos anos de muitas alegrias, porradas e hadoukens!
por Dandoidao, fonte: Arkade

COMPARTILHAR
Posts anteriorJogo de Horror anteriormente exclusivo para PS3 recebe as primeiras imagens para PC
Próximo PostA história de PES
Faustino Neto- O Nerd Tatuado Editor geral, editor de vídeo, fundadorOcupação: Empresário, blogueiro , youtuber, social mídia, fotógrafo, colecionador. Base de operações: Arapiraca/Alagoas Ações Nerd: Livros, Games, RPG, HQ, cinema, STAR WARS, colecionáveis, fotos , tatuagem, Simpsons, breanking bad, Game of thrones e outras series Poderes mutantes: Ter lag quando estou conversando Viaja sem sair do lugar