Seja da velha guarda ou iniciante nesse mundo mágico do colecionismo, a casa de um nerd é o seu castelo e, como não poderia deixar de ser, sua coleção é o seu tesouro mais precioso. Diante disso, nada mais justo que você a trate com carinho.

Segundo o dicionário, coleção é a reunião ordenada de objetos de interesse estético, cultural ou científico. Porém, a definição que estamos mais acostumados é de que coleção é tudo aquilo que seus pais, amigos e pessoas em geral consideram gastar dinheiro com bobagens.

Você, pessoa inteligente que é, sabe que as coleções variam – tem colecionador pra todo tipo de coisa, e apesar de todas necessitarem de cuidados especiais, as que envolvem papel (livros, quadrinhos, cédulas, selos…) são as que dão mais trabalho, uma vez que não faltam elementos externos dispostos a zoar com seu tesouro.

Umidade, traças, mofo, sujeira e mais uma cacetada de coisas, uma lista de inimigos faria inveja até pro Batman e sua galeria de vilões. Mas hoje estamos aqui pra falar de quadrinhos – uma vez que não tenho dinheiro pra gastar, imagine pra colecionar. #pobrezafeelings

Atualmente, vivemos um dos grandes momentos dos quadrinhos aqui no Brasil. Muito material tem sido publicado, tanto coisas novas como reimpressões muito esperadas – cadê Terra X, Panini??? – e, mesmo com todos os problemas que ainda enfrentamos (como longos hiatos, falta de respeito com o consumidor e etc), o saldo ainda é positivo.

Mas tá, legal… tem muito quadrinho na praça, os varejões online vendendo tudo com promoção, seu cartão de crédito sendo mais usado que corrimão de escada e sua casa se tornando um grande depósito de gibis. E eu te pergunto, jovem padawan, como você está guardando e organizando a sua coleção? O tio aqui vai te ajudar, se liga.

Como diria Jack, vamos por partes:

  • Tipos de quadrinhos em publicação no Brasil.

Com cada vez mais artistas independentes publicando seus materiais, os formatos estão bem variados, por isso vou falar dos modelos, digamos, padrões:

  1. Capa dura
  2. Encadernado capa cartão
  3. Encadernado/mensal capa couchê
  4. Mangás
  • Saquinho neles?

Esse é um assunto que rende bastante em fóruns de colecionadores. Uns ponderam a preservação do material, já outros o senso estético – não que essa segunda classe trate os quadrinhos de qualquer jeito, é claro.

Se você vai ensacar sua coleção, fique esperto com o tipo de material vai utilizar – nada de pegar sacola de supermercado, jovem! Para os quadrinhos com capa cartão, couchê, mangás e etc, o ideal é usar saquinhos de polipropileno, são baratos de usar, fáceis de achar e vão deixar sua coleção protegida. Ahh, e dê preferência para os “comuns” mesmo, uma vez que os com zip/adesivados não deixam o papel respirar.

foto_thumb_400_foto_0_203670_SP PP

Já os de capa dura, nada de colocar no saco, pois pode-se danificar a tinta das capas no médio-longo prazo – e não queremos isso, né?

  • Dicas extras

Agora os seus saquinhos já estão ensacados – ou não, mas os cuidados não param por aí. Se liga nessas dicas:

  1. Nunca deixe os seus quadrinhos no chão, no saco ou não. Nunca. Nunca MESMO!
  2. Dê preferência por estante de madeira aberta ou, se possível, estantes de ferro – sendo as de ferro a melhor opção. Não dão traças e são mais simples na hora da limpeza.
  3. Seus quadrinhos não foram impressos pra ficar no chão, amontoados de qualquer jeito no armário, estante e etc. O ideal é que eles seja colocados em pé, enfileirados um ao lado do outro.
  4. Mesmo ensacados, é necessário fazer a limpeza deles mensalmente. Sempre que possível, tire-os do saquinho e dê aquela folheada esperta. Lembrando que usar um pincel para tirar a poeira vale para ambos os casos, ok?
  5. Sempre fique atento aos insetos, cupim e sinais de mofo. Eles podem e vão danificar sua coleção. No primeiro sinal, reforce nos cuidados com a limpeza e chame um especialista em pragas (caso seja cupim). Lembrando que tudo isso pode ser evitado se você mantiver a sua coleção sempre limpa e em ambiente seco.

c

Agora você é um super colecionador? Não. Tá no caminho certo, mas o caminho ainda é longo e o aprendizado não para. Se você curte colecionar, não faltam fóruns aí nessa internet vida loka e sempre tem gente disposta a ajudar. Na dúvida, seja humilde e pergunte. 😉

E nunca se esqueça do mantra do colecionador de quadrinhos:

“Não, não é só um amontoado de papel. Não vou emprestar e não, você não pode pegar com essa mão suja.”

that_s_all_folks__by_surrimugge-d6rfav1