imagem

No final do ano passado foi lançado Assassin’s Creed: The Brotherhood, e agora um ano mais tarde vai ser lançado Assassin’s Creed Revelations.

Será que houve tempo suficiente para desenvolver um jogo de qualidade? Segundo Falco Poiker, diretor de design da missões do jogo, a resposta é um rotundo sim.

Em declarações à revista EDGE, Poiker contou que, “O ciclo de produção é inferior a um ano, o que na minha opinião é o tempo ideal. Mas muita gente se queixa por causa disso, e estou a referir-me a comentários internos que dizem que não é tempo suficiente.”

Segundo Poiker, este tempo de desenvolvimento dá um certo impulso ao estúdio e evita que se criem as indecisões das produções mais prolongada. Para ele menos tempo é sinónimo de maior precisão e capacidade de decisão.

A Ubisoft já revelou que no final do próximo ano será lançado Assassin’s Creed III e que após o lançamento do jogo, a série terá um período de descanso.

por Catos, fonte: Eurogamer