Você com certeza já deve ter ouvido falar da série “The Strain”, ou até mesmo já a acompanha. A série é transmitida pelo canal FX e está em sua 3ª temporada.

Mas você sabia que a série é baseada na “Trilogia da Escuridão”, obra de Guillermo del Toro (diretor de Labirinto do Fauno) e Chuck Hogan (autor de Prince of Thieves)?

wp_20160918_005

A Trilogia da Escuridão é composta por Noturno (primeiro volume), A Queda (segundo volume) e Noite Eterna (terceiro volume), e é uma história de vampiros bem diferente das que estamos acostumados.

Nosferatu (1922)
Nosferatu (1922)

Nesta história, você não verá vampiros fofos e carentes, como o Edward de Stephenie Meyer (Saga Crepúsculo), ou sedutores e solitários, como Lestat de Anne Rice (Entrevista com o Vampiro). Tampouco verá vampiros clássicos e elegantes, como Drácula de Bram Stoker. Entretanto, o clássico se fará presente, pois é notável a influência do filme Nosferatu (1922) na concepção da imagem dos strigoi – como são denominados os vampiros na obra de del Toro e Hogan.

 

Os strigoi são criaturas monstruosas e ameaçadoras, predadores eficientes, que muitas vezes não têm nenhuma recordação de suas vidas pregressas. São como uma praga, uma infestação, de aspecto totalmente inumano.

Strigoi

O primeiro volume da trilogia, Noturno, nos apresenta os principais personagens da trama: Dr. Ephraim GoodWeather e a Dra. Nora Martinez, epidemiologistas; professor Abraham Setrakian, o “van Helsing” da trama, sobrevivente da Segunda Guerra Mundial e experiente caçador de vampiros; Vasiliy Fet, um exterminador de ratos descendente de ucranianos; o ganancioso Eldrich Palmer; e o grande arquiteto e vilão da história, o vampiro milenar chamado de “Mestre”.

Noturno é o livro que nos mostra a epidemia vampiresca tomando corpo, muito por ajuda dos próprios humanos, seja pela incompetência, pela incredulidade ou pela tentação de um pacto maléfico com o Mestre, o ser que realmente inspira terror, já que cada humano infectado torna-se uma extensão dele.

No segundo livro, A Queda, a epidemia está consolidada nos Estados Unidos e ameaça tornar-se uma pandemia, com uma legião de vampiros a serviço do Mestre. A medida que o vírus se espalha, vislumbra-se a instalação de uma sociedade tomada pela infestação, na qual os humanos seriam como gado em campos de concentração. A luta do professor Setrakian e dos outros personagens em busca da destruição do Mestre continua. Descobrimos que há uma classe de vampiros milenares “irmãos” do Mestre e seus oponentes, fazendo com que a trama fique mais interessante, pois além do conflito entre a praga vampiresca e a humanidade, a qual já está praticamente dominada e tem poucos focos de resistência, temos um conflito entre os vampiros Anciões.

Arte da versão HQ
Arte da versão HQ

No terceiro livro, Noite Eterna, ocorre o desfecho da tentativa de conquista do mundo pelo Mestre. Dois anos após o início da epidemia vampiresca que tomou o globo, os dias têm apenas duas horas de sol e os seres humanos estão próximos da aniquilação. O pequeno exército de Setrakian e Eph continua seu combate contra o Mestre, e o desfecho encontrado por del Toro e Hogan é totalmente inesperado.

A trilogia apresenta a receita padrão para o sucesso: vírus mortal, pessoas em pânico, ganância, o mundo se perdendo, um pequeno grupo de sobreviventes, muito suspense, ação e violência desmedida.

Vale a pena a leitura? Sim!!!! Se você é um nerd com o estômago forte (tem partes BEM nojentas…) e gosta de terror, com certeza vai curtir a Trilogia da Escuridão.