Arquivos

Crítica- Rick e Morty: 5 temporada (2021)

Com uma quinta temporada pouco inspirada, “Rick e Morty” mostra desgaste e se entrega em definitivo para a base de fãs. Não que seja uma surpresa, já que a série que se prometeu “revolucionária” em sua estréia na verdade tinha muito pouco a dizer.

Longe de ser ruim, tivemos uma primeira temporada capaz de apresentar para uma nova geração o humor tipicamente pesado e politicamente incorreto que é tradição na animação estadunidense. Como um legado direto de animações à época mais famosas, como “South Park”, “Os Simpsons” e “Family Guy”, o  show foi um sucesso instantâneo entre os jovens.

Com bastidores que nem sempre são um lugar pacífico – mais de uma vez o show foi ameaçado de ser encerrado – e na pressão de uma comunidade bastante ativa e controladora, “Rick e Morty” sofreu com altos e baixos ao longo de suas cinco temporadas.

Se por um lado, a força narrativa sempre puxou a corda na direção de um cânone bem definido de drama e sci fi, por outro, certamente os melhores episódios são aqueles que atuam livres dessas amarras, focando no humor inteligente e descompromissado.

Mas os tempos mudaram. E a quem viu o último episódio, fica a sensação de que Rick estava certo. Nota-se no fim da quinta temporada um protagonista cansado, forçado a agir para atender os desejos de um público que se sente dono da série. Assim sendo, na figura de um arauto do próprio roteiro, o personagem entrega o controle aos desejos dos fãs.

Foram dez episódios ao todo nesta temporada, que contou ainda com um engodo sobre um “episódio duplo” que de duplo nada tem. Ao capitalizar em cima disso, para enganar e atrair o público – isso sim é genial – a produtora pode ter recursos e tempo para afinar a animação.

Com a mesma ação transloucada de semṕre, o último episódio entrega tudo aquilo que não precisava, e que, paradoxalmente, os fãs desejavam. Dessa maneira, eclipsa os demais capítulos dessa última aventura, deixando ganchos que nada indicam no presente. É a fórmula Marvel, que o show força a b arra para satirizar.

De resto, vale se distanciar e curtir as boas idéias contidas ao longo desses dez episódio. Todas subaproveitadas, mas que que pareciam interessantes no papel. Sem pretensões, até divertem pelas referências que são o ponto alto de uma série que já se perdeu.

rick and morty
Rick e Morty (Rick and Morty)
5 temporada
2021

Assista na HBO MAX