Arquivos

Arsenio Hall and Eddie Murphy star in COMING 2 AMERICA Photo Courtesy of Amazon Studios

Crítica – Um Príncipe em Nova York 2

Um Príncipe em Nova York 2 segue os passos do primeiro filme e dessa vez traz uma Zamunda com grande impacto cultural e valorizando as suas pessoas.

No prirmeiro longa de 1988, vemos o príncipe indo para Nova York em buscar de um amor. No segundo, o Príncipe volta a Nova York em busca do seu filho perdido que ele desconhece… Uma trama diferente do primeiro, com roteiro de Kenya Barris, mesmo que a história da sequência se assemelhe á outra, a nova produção faz questão de mostrar que os personagens evoluiram, trazendo para o ponto focal que o novo lider deve mudar e seguir os seus próprios caminhos, não os mesmos que seu pai o ensinou.

A sequência tem uma riqueza de cuidados e elevam os figurinos, a direção de arte, e explorar uma nova visão para o mundo: a voz das mulheres. Algo que na época do primeiro filme não era tão explorado. No atual, colocam em questão muitos assuntos e de forma bem humorada, com algumas piadas feitas por alguns nucleos que se passam no enredo.

Reptindo e trazendo alguns dos antingos personagens que vimos no primeiro filme, a continuação é uma linda homenagem e respeita muito a sua origem e amor ao seu povo.

Existe uma vontade de explorar o empoderamento feminino com personagens mais desenvolvidas e centrais, mesmo que não coloquem como plano principal, mas elas são importantes para a trama e o aprendizado do novo Rei.

Para parte do público, pode se tornar cansativo por trazer momentos de flashblacks familiarizando essa nova geração que está vendo pela primeira vez Um Príncipe em Nova York 2 e desconheça o primeiro ou faça muito tempo que tenha assistido, mas acredito que faz parte, ajudando a se lembrarem do mesmo.

O filme tem um clima bem divertido, romance bem construído, uma celebração da cultura africana e afro-americana trazendo o que resulta em festa – cheia de números musicais – e aparições de Salt-N-Pepa, Gladys Knight e atores que farão o público ter surpresas!

O ator Leslie Jones e a atriz Tracy Morgan são ótimos e Wesley Snipes rouba as cenas em que aparece com uma faceta cômica; maravilhoso de se ver.

O longa-metragem sabe o tom certo de tirar sarro do politicamente correto ao mesmo tempo que tem o coração no lugar. O diretor do filme é Craig Brewer, que consegue trazer o carisma e leveza a obra-prima ao honrar a tradição e levar o roteiro pra frente.

APROVEITE:

Veja no Prime Video
Assine Prime Video

Vários games e consoles com desconto, incluindo os de nova geração. Confira: Promoção Jogos e Consoles.

Além disso, tá rolando uma série de descontos em Quadrinhos e Livros!
Saiba mais: Promoção Quadrinhos.

 

Veja também o que saiu em nosso site:

Ntcast 55 – As superproduções bíblicas com o ator André Bankoff

Por que devemos ser fãs de Elizabeth Olsen, a Wanda de Wandavision?!

Nerd Tatuado
Faustino Neto- O Nerd Tatuado Editor geral, editor de vídeo, fundador Ocupação: Empresário, blogueiro , youtuber, social mídia, fotógrafo, colecionador. Base de operações: Arapiraca/Alagoas Ações Nerd: Livros, Games, RPG, HQ, cinema, STAR WARS, colecionáveis, fotos , tatuagem, Simpsons, breanking bad, Game of thrones e outras series Poderes mutantes: Ter lag quando estou conversando Viaja sem sair do lugar