Arquivos

Amigas Para Sempre resgata Katherine Heigl do declínio

Os fãs assíduos de Grey’s Anatomy sabem da conturbada saída de Katherine Heigl ainda nos seus primeiros anos de exibição. Após ganhar o Emmy de melhor atriz coadjuvante pela série, Katherine rasgou o verbo em um programa de TV citando horas de trabalho sem interrupção e outras coisas que desagradou Shonda Rhimes (responsável pelo drama médico), que dispensou a atriz de imediato, sem um desfecho concreto para a sua personagem Izzie Stevens… Desde então, a carreira de Heigl caiu na boca da internet como “maldição da Shonda”, pois de lá pra cá, a estrela não obteve nenhum êxito plausível em seus trabalhos, tanto no cinema (fracasso de bilheteria nos filmes) e nas séries (sendo as mesmas canceladas e reprovadas até em exibição de piloto – primeiro episódio de temporada), sendo a única exceção, a participação na última temporada de Suíts!

Mas parece que o jogo vem virando, pois com a atração da Netflix intitulada no Brasil como ‘Amigas Para Sempre’ (e nos EUA como Firefly Lane, nome também da obra literária que originou a adaptação para o serviço de streaming), os admiradores de Katherine Heigl como eu, acreditam que agora a artista se encontrou em algo consolidado, retomando os eixos de sua trajetória. Além de protagonizar, Katherine é produtora do show que agradou o público e grande parte da crítica especializada.

Apesar de não haver confirmação ainda de uma segunda temporada, Amigas Para Sempre tem tudo para uma continuação em meio algumas questões que ficaram soltas no ar, com ganchos imprescindíveis que apimentarão a história adiante, caso prossigam. A princípio, o enredo estava marcado para ser clichê, porém, os elementos de plot twist retratando a amizade das duas personagens centrais da trama, seja na adolescência, juventude e vida adulta, dão um toque diferencial em outras produções que estamos acostumados a assistir por aí.

Tully e Kate possuem juntas uma longa jornada de amizade, que nos leva aos anos 70, 80 indo até os anos 2000, remetendo a nostalgia de figurinos, acessórios, cenários que revelam a sutileza de expor o real significado de cada fase vivida. Vale muito destacar a escolha das jovens atrizes Roan Curtis e Alissa Skovbye para interpretar as amigas na flor da idade… Alissa então, é a cara de Heigl!

Ah, não posso esquecer da talentosa Yael Yurman, que atua como a única filha de Kate. Me lembro de conhecê-la na sétima e última temporada de Once Upon a Time, na pele de uma menina que não sabia controlar os seus poderes e estava aprendendo a dominá-los.

Já no elenco masculino, o espaço devido é para o ator Ben Lawson, intérprete do marido de Kate e amor de sua vida, que reluta aos poucos a passar na difícil missão do divórcio com a esposa.

Confesso que fui com o pé atrás para conferir Amigas para Sempre e tive a grata surpresa de me deparar com um roteiro envolvente, tendo seus melodramas sem deixar o tom cômico de fora (o que não é nada fácil de se realizar; diga-se de passagem). O ápice do contexto concebido é uma amostra gratuita dos lados negativos e positivos de seguir o próprio sonho individual (a fama e o sucesso na profissão desejada), e a escolha de ir no caminho coletivo de formar uma família (continuando a manter o anonimato de suas vontades) adiando a conquista de projetos que antes não estavam em um futuro tão distante.

O website Nerd Tatuado indica SIM: Amigas para Sempre!

 

J. Renato
José Renato: Publicitário, cristão, diretor teatral, roteirista, cineSérieMANIAco e criador de conteúdo.