Brasil no maior festival de animação do mundo, o Festival de Annecy

Festival Annecy tem animação brasileira na disputa. Uma co-produção UM Filmes e Buba Filmes, “Mundo Proibido” teve indicação ao festival francês

O Brasil será representado no Festival de Annency, o maior evento do gênero que ocorre entre os dias 13 e 18 de junho na França, pelo longa-metragem de animação “Mundo Proibido”. Dirigida por Alê Camargo e Camila Carrosine, a ficção científica espacial marca uma nova fase de tecnologias utilizadas para produções brasileiras.

A animação parece em muito lembrar os gráficos da série de mega sucesso Arcane da netflix.

MUNDO PROIBIDO – Teaser #03 from Buba Filmes on Vimeo.

 

O Festival de Annency consolidou-se ao longo dos seus 60 anos, como um evento global dedicado à animação, reunindo os mais conceituados profissionais do setor para celebrar os estilos e técnicas criativas e diversificadas da animação.
O longa conta a história de Fuji e Lydia em busca de um lendário tesouro, seguindo uma jornada intergaláctica. Juntos, o casal vive aventuras e perigos eletrizantes no espaço.

 

A animação “Mundo Proibido” terá duas exibições na sessão Midnight Specials do prestigiado festival francês, que ocorre entre os dias 13 e 18 de junho.

Mundo Proibido

A dupla de diretores é premiada e responsável por outros trabalhos de animação como por exemplo “João, O Galo Desregulado”, “Os Anjos do Meio da Praça” e o mais recente “As Aventuras de Fujiwara Manchester”, exibido pela TV Cultura em 2017 e atualmente disponível nos serviços de streaming Telecine e Globoplay.

 

Com a produção executiva assinada por Arnaldo Galvão e Julia Galvão, “Mundo Proibido” marca a história das animações no Brasil com tecnologias pioneiras de produção em 3D.

“É um privilégio termos um filme como este que tem tanto a somar com o catálogo de animações criadas por brasileiros. A exibição no Festival de Annecy é um triunfo para o que tem sido feito para o cinema no país”, revela Arnaldo.

 

“O filme ficar pronto, com essa qualidade, depois que enfrentamos a pandemia e precisamos enviar toda a equipe para casa, para trabalhar em segurança, já foi uma grande alegria. Ser selecionado para Annecy foi a premiação do trabalho em equipe”, conclui Julia.

 

A distribuição do longa ainda está em negociação e é previsto que neste ano inicie a exibição no cinema nacional.

Nerd baixinha sem tatoo, apaixonada e entusiasta da cultura pop, ama tanto cinema como livros, série e tv.

You don't have permission to register