Carlinhos e Carlão

Crítica | Carlinhos e Carlão

O filme Carlinhos e Carlão que tinha sido adiado por conta da pandemia, aterrizou na Prime Video e desde novembro está lá para todos nós assistirmos.

A comédia expande o universo dos conteúdos nacionais e faz com que a gente comece a ver de forma diferente o mundo LGBTQIA+.

O filme tem como estrela maior o ator Luis Lobianco, conhecido por ter participado de grandes quadros de humor do Porta dos Fundos, um dos criados do Buracoshow, participa também do programa Vai que Cola, entre grandes novelas da globo também.

Em Carlinhos e Carlão vemos uma gigante atuação dele, em um papel duplo, que retrata como muitos LGBTQIA+ vivem uma vida dupla para tentar esconder o que realmente são.

A temática principal é para mostrar como ainda existe a intolerância contra o público LGBTQIA+ e é claro sem deixar de ser divertido e humorado. Ele tem um tom teatral e celebra a diversidade e a busca para encontrar o seu lugar na sociedade.

Você percebe a separação dos dois personagens de forma fantástica e consegue viajar pelas duas personalidades de forma simples e bem feita, para quem está assistindo entenda os esteriótipos que as pessoas tem colocado no ‘certo ou errado’ aos olhos delas, fazendo com que muitos brasileiros continuem no armário, como é definido no longa.

A trama tem uma narrativa simples como já vimos em outras produções, onde existem a troca de corpo, como em “Se Eu Fosse Você”, mas o roteiro brinca com a troca de personalidade no mesmo corpo e isso faz com que o personagem seja atraente e divertido, com a metáfora que a pessoa começa a ser ele mesmo depois das 19horas, onde a noite paulistana começa depois do expediente de trabalho.

O roteiro é da dupla Carolina Castro e Célio Porto que fazem com maestria a dualidade de Carlinhos e Carlão e o entregam de forma leve… O filme tem uma atmosfera de como é a aceitação do ser humano criado em um lugar totalmente machista e retrógrado, onde luta totalmente pelos seus pensamentos e vontades.

Além de ter uma tema humorado, usa e abusa de músicas eletrizantes que cativam e faz com que você se pegue em alguns momentos dançando na cama ou no sofá, e até mesmo cantando com o Luís!

O filme tem grande nomes da nossa atuação brasileira como Victor Lamoglia, Marcelo Flores, Pedro Monteiro, Saulo Rodrigues, Luis Miranda, a drag queen Suzy Brasi, Thati Lopes, Thiago Rodrigues, Otavio Augusto, Bemvindo Sequeira, Letícia Isnard, Cláudio Mendes e Matheus Costa.

A trama têm uma ótima pegada para assistir e se divertir com a família, além de trazer um assunto que sempre é motivo de debate, ajudando a quebrar preconceitos e paradigmas que existam na mente. A trilha sonora é uma das grandes artimanhas usada pelo diretor que te entrega uma história cativante, que nos faz embarcar nas loucuras do personagem.

Nerd Tatuado
Faustino Neto- O Nerd Tatuado Editor geral, editor de vídeo, fundador Ocupação: Empresário, blogueiro , youtuber, social mídia, fotógrafo, colecionador. Base de operações: Arapiraca/Alagoas Ações Nerd: Livros, Games, RPG, HQ, cinema, STAR WARS, colecionáveis, fotos , tatuagem, Simpsons, breanking bad, Game of thrones e outras series Poderes mutantes: Ter lag quando estou conversando Viaja sem sair do lugar