Arquivos

Crítica- Sabor da Vida

Sabor da Vida (2015) é um drama japonês que traz delicadeza e sensibilidade sobre a vida em meio aos sabores do dorayaki (doce tradicional japonês).

Da diretora japonesa multipremiada Naomi Kawase. O filme esteve na mostra internacional Un Certain Regard do 68° Festival de Cannes. Além disso o filme ganhou diversos prêmios inclusive o de melhor filme estrangeiro na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

“Tentamos viver nossas vidas de forma irrepreensível, mas as vezes somos esmagados pela ignorância do mundo “Tokue (Sabor da vida)

Kawase nos leva a conhecer Santaro um homem que tem uma pequena loja onde faz os dorayakis um tipo de panqueca japonesa com recheios muito populares no Japão. No filme os dorayakis são feitos com o recheio tradicional de anko (feijão doce)

Santaro (Masatoshi Nagase) vive uma vida de forma solitária. Um dia uma senhora de idade muito simpática chamada Tokue (Kirin Kiki) bate a sua porta pois ela viu um anúncio de emprego. Tokue se candidata, porém Santaro se recusa devido a idade dela

Tokue volta e traz para ele a pasta de feijão doce (anko) que ela preparou para ele experimentar, quando ele experimenta percebe o quão maravilhoso e delicioso é aquele sabor. Depois disso ele decide contratar Tokue.

Tokue ensina a fazer o verdadeiro recheio de anko ( feijão doce) e mostra isso de uma forma tão bela e especial respeitando o feijão e todo o processo para fazer o melhor doce possível. Deixando o telespectador com mais vontade de provar o dorayaki.

Kirin Kiki em uma atuação sensível e delicada

As mãos mágicas e a sabedoria de Tokue tornam os dorayakis de Santaro um grande sucesso. A atuação de Kirin Kiki como Tokue é maravilhosa e parece tão natural e com uma delicadeza ímpar. Por essa atuação Kirin foi indicada e ganhou vários prêmios

Os dois acabam criando uma linda relação e com o passar do tempo se tornam confidentes mostrando ao longo do tempo que ambos possuem traumas.

Porém as mesmas mãos mágicas que fazem o recheio do dorayaki também levam a um grande segredo ligado a uma doença. Desta forma o filme nos leva a mostrar o preconceito da sociedade japonesa em relação a isso (contexto histórico). Desta forma Santaro deverá tomar uma difícil decisão em relação a Tokue.

(A título de curiosidade o Japão está atualmente em processo de reparação com as vítimas da doença mencionada no filme)

Trailer

O filme termina de forma agridoce, mas ao mesmo tempo de forma muito bonita. Visualmente é um filme belíssimo com uma excelente fotografia e uma delicada trilha sonora.

A delicadeza do filme e a excelente direção de Kawase que com o devido cuidado nos mostra assuntos tão sérios ao mesmo tempo em que nos leva a conhecer a rica culinária japonesa, faz com que o filme nos traga grandes lições de empatia e respeito ao próximo. Sabor da Vida é um filme muito tocante ao mesmo tempo doloroso, muito bonito, com lindas paisagens e que merece ser visto.

O filme pode ser visto na Amazon Prime e no Telecine.

Karen Araki
Nerd baixinha sem tatoo, apaixonada e entusiasta da cultura pop, ama tanto cinema como livros, série e tv.